Linha 15-Prata continua paralisada nesta segunda-feira, dia 9

Nesta segunda-feira, dia 9 de março de 2020, é o 10° dia que a Linha 15-Prata do monotrilho na Zona Leste segue paralisada.

No dia 27 de fevereiro, um dos pneus da composição M20 estourou na região da estação Jardim Planalto e uma das peças, chamada de runflat, caiu na Avenida Sapopemba, ninguém se feriu.

Por conta desse problema, a operação da Linha 15-Prata foi suspensa a partir do dia 29 de fevereiro e ainda não têm previsão de retorno. O Metrô chegou a informar que outros pneus também chegaram a ser danificados.

Enquanto a linha não volta a operar, os passageiros seguem sendo atendidos por 60 ônibus gratuitos da operação Paese (confira no fim do post o itinerário da linha especial), que circulam durante todo dia, de São Mateus à Vila Prudente.

Entretanto os ônibus circulam lotados pelas avenidas Sapopemba e Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, conforme na imagem abaixo registradas às 6h06, pelo passageiro Gabriel Muricy.

Já na estação São Mateus, por volta das 6h45, as filas eram enormes pra pegar os ônibus do sistema Paese, conforme registro feito pela passageira Adriana.

Por volta das 7h45, também na estação São Mateus, as filas seguiam enormes pra pegar os ônibus do sistema Paese, na direção da Vila Prudente.

Outra alternativa para os passageiros é utilizar as linhas de ônibus convencionais para chegar nas estações Vila Prudente e Tamanduateí, já que a maioria dos passageiros do monotrilho quando chegam na estação Vila Prudente, como de costume, fazem a integração com a Linha 2-Verde.

A Secretaria de Transportes Metropolitanos informou à rádio Bandeirantes que realizou testes em um dos trens do monotrilho da Linha 15-Prata durante o fim de semana. O objetivo dos testes era investigar as causas do estouro do pneu da composição M20 que ocorreu no dia 27 de fevereiro.

Sensores foram instalados para ajudar a descobrir se o problema está nas rodas ou em outras partes do trem, além disso também foi checada a estrutura da via e das vigas de concreto.

A Secretaria de Transportes Metropolitanos também informou à emissora de rádio que o resultado dos testes será enviado para as equipes da Bombardier, fabricante dos trens, que deverá produzir um laudo. A expectativa é que o documento fique pronto nesta segunda-feira.

O secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, disse que o prejuízo da paralisação é de um milhão de reais por dia. O Governo do Estado de São Paulo vai acionar a Justiça para cobrar o Consórcio Expresso Monotrilho Leste (Bombardier,Queiroz Galvão e OAS) que implantou a via e a fabricante dos trens.

Itinerário da linha especial Estação São Mateus – Estação Vila Prudente

Confira abaixo o itinerário da linha especial Estação São Mateus – Estação Vila Prudente, ou seja, que opera de São Mateus à Vila Prudente:

Ida: Estação São Mateus, Avenida Sapopemba, Estação Fazenda da Juta, Avenida Sapopemba, Estação Sapopemba, Avenida Sapopemba, Estação Jardim Planalto, Avenida Sapopemba, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Vila União, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Vila Tolstói, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Camilo Haddad, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação São Lucas, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Oratório, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Complexo Viário Senador Antônio Ermínio de Barros Filho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello e Estação Vila Prudente.

Volta: Estação Vila Prudente, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Rua Ibitirama, Rua Cavour, Rua Itamumbuca, acesso à Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Oratório, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação São Lucas, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Camilo Haddad, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Vila Tolstói, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Vila União, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Avenida Sapopemba, Estação Jardim Planalto, Avenida Sapopemba, Estação Sapopemba, Avenida Sapopemba, Estação Fazenda da Juta, Avenida Sapopemba e Estação São Mateus.

Deixe um comentário