Linha 15-Prata: Inaugurações, ampliação de horário, testes e estações

4305
Linha 15-Prata monotrilho da linha 15 prata funcionando
Foto: Eduardo Silva
Publicidade

Quando a Estação Jardim Planalto será inaugurada? Quando as estações Vila União, Vila Tolstói, Camilo Haddad e São Lucas vão funcionar em horário integral? Quando as estações Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus serão inauguradas? Neste mês de agosto, estas foram as perguntas mais frequentes dos leitores sobre a Linha 15-Prata do Monotrilho.

Neste post sobre a linha eu vou contar sobre as previsões de inaugurações das próximas estações na Avenida Sapopemba, sobre a ampliação do horário das quatro novas estações na Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello e sobre os testes que estão intensificados aos finais de semana.

Vou contar também sobre a quantidade de passageiros que já passaram pela operação assistida, um pouco sobre a rotina das estações, empreendimentos imobiliários na região das estações e o Terminal Vila Prudente. Continue lendo.

PRÓXIMAS INAUGURAÇÕES E AMPLIAÇÃO DE HORÁRIO DAS ESTAÇÕES SÃO LUCAS, CAMILO HADDAD, VILA TOLSTÓI E VILA UNIÃO

Na terça-feira, dia 21 de agosto, o secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, concedeu uma entrevista para o programa 90 Minutos da Rádio Bandeirantes, onde disse ao jornalista Luiz Megale que as quatro novas estações São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União passarão a funcionar em horário comercial no mês de setembro, juntamente com a inauguração da Estação Jardim Planalto.

Clodoaldo Pelissioni apenas não detalhou em qual horário as quatro estações passarão a operar comercialmente e nem em qual horário a Estação Jardim Planalto funcionará no mês de setembro. A Estação Jardim Planalto havia sido prometida para ser entregue neste mês de agosto.

As demais estações Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus, localizadas entre os números 9.900 e 13.500 da Avenida Sapopemba, devem ser inauguradas até o fim do ano. O secretário disse que está cobrando a construtora Azevedo & Travassos pelo atraso na entrega dessas três estações, ele afirmou que a construtora está recebendo os pagamentos em dia e que ela está sendo multada para cumprir o cronograma.

Mezanino da Estação Vila União (Foto: Eduardo Silva)

A construtora Azevedo & Travassos é responsável pelas obras civis complementares de reurbanização, paisagismo, comunicação visual, instalação hidraúlicas e acabamento das estações Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus.

Nesta sexta-feira, dia 24 de agosto, durante o encerramento da 24ª Semana de Tecnologia Metroferroviária, Clodoaldo Pelissioni voltou a falar da Linha 15-Prata, dizendo que a Estação Jardim Planalto deverá ser inaugurada entre setembro e outubro e as demais estações Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus no fim do ano, conforme noticiou o blog Ferroviando.

Ainda sobre a Estação Jardim Planalto, no mês de julho, o Consórcio ACF tinha divulgado imagens das obras da Estação Jardim Planalto onde mostravam o andamento dos trabalhos de paisagismo e acabamento dos prédios, sem contar na finalização do acesso norte da estação, na saída para a Avenida Adutora do Rio Claro e as ruas Chico Mendes e Esquivel Navarro, que está atrasado.

BOATOS DE OPERAÇÃO INTEGRAL

No período da manhã da quinta-feira, dia 23 de agosto, vários passageiros que passaram pelas estações da Linha 15-Prata ouviram anúncios no sistema de som onde informava que as estações São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tostói e Vila União passariam a funcionar das 4h40 à meia-noite, a partir do dia 30 de agosto, com cobrança de tarifa.

Estes anúncios causaram uma enorme repercussão nas redes sociais e nos grupos de Whatsapp, muitos passageiros chegaram a ficar felizes com esta novidade, inclusive pelo Whatsapp do Mobilidade Sampa algumas pessoas me enviaram mensagens dizendo que também ouviram os anúncios.

Após muita expectativa para o Metrô confirmar se realmente o horário de funcionamento das quatro estações seria ampliado, somente no final tarde a companhia informou em nota que os anúncios foram emitidos indevidamente nas estações. A companhia diz que os testes precisam continuar na linha até o fim do ano, para então estender o horário de funcionamento das estações São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tostói e Vila União das 4h40 à meia-noite.

“A mensagem emitida na manhã de hoje na Linha 15-Prata foi equivocada. A extensão do horário de operação da Linha 15-Prata irá ocorrer gradativamente, de acordo com a evolução, desempenho e resultados obtidos nos testes que vêm sendo realizados nos finais de semana. A previsão é de que estes testes, que obedecem a padrões internacionais e são fundamentais para a verificação da maturidade dos equipamentos, sistemas e interfaces, se encerrem ainda neste semestre, dando início a operação comercial”, diz a nota do Metrô.

Agora a pergunta que não quer calar é porque esses anúncios foram emitidos e quem será que emitiu os anúncios indevidamente? Não houve uma explicação clara a respeito disso. Eu só sei que muita gente gostaria e quer muito que o horário de funcionamento das quatro novas estações seja ampliado.

Inclusive quando o horário será ampliado, é uma pergunta que eu recebo diariamente dos leitores, tanto por e-mail e mensagens recebidas no Whatsapp do Mobilidade Sampa, mas agora só nos resta aguarda os próximos meses para que isso de fato aconteça.

Esta nota emitida pelo Metrô não coincide com o que o secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, disse ao longo da semana conforme disse antes que a ampliação do horário das quatro estações deve acontecer em setembro juntamente com a inauguração da Estação Jardim Planalto.

Por enquanto o horário de funcionamento das estações São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tostói e Vila União segue em operação assistida das 9h às 16h, de segunda a sexta-feira.

estação são lucas monotrilho 15
Plataforma da Estação São Lucas (Foto: Eduardo Silva)

TESTES AOS FINAIS DE SEMANA

Desde a época em que as estações Oratório e Vila Prudente foram inauguradas, quase todos os finais de semana o Metrô realiza testes no sistema de controle dos trens da frota M, especificamente neste ano os testes estão sendo frequentes aos finais de semana entre as estações Oratório e Vila União.

No dia 19 de agosto, os moradores que residem nas proximidades do trecho entre as estações Vila União e São Lucas perceberam uma grande movimentação de trens circulando em velocidade bastante alta, o blog Metrô CPTM apurou junto ao Metrô que neste dia foram realizados testes com 17 trens circulando nas vias elevadas simultaneamente.

Em alguns trechos os trens chegaram a atingir a velocidade aproximada de 80 km/h, que é a próxima do ideal, pois atualmente na operação assistida entre as estações Vila União e Oratório, os trens circulam com velocidade reduzida.

Aos finais de semana, assim como em dias úteis, é utilizada parte da energia elétrica trazida da Linha 2-Verde, já que a subestação de energia Camilo Haddad próxima à Estação Camilo Haddad, que alimentará os trens da frota M, ainda não está totalmente pronta. Para a ampliação do horário, com o objetivo de atender uma maior quantidade de passageiros, é necessário a nova subestação de energia funcionar em definitivo.

subestação camilo haddad
Local da subestação de energia ao lado da Estação Camilo Haddad (Foto: Eduardo Silva)

Nos bastidores comenta-se que a ligação da subestação de energia Camilo Haddad deverá acontecer nas próximas semanas, para finalmente o trecho entre as estações Vila União e Oratório ter uma nova ampliação de horário e posteriormente operar das 4h40 à meia-noite. Eu me lembro que quando só tinha as estações Vila Prudente e Oratório funcionando, ambas operaram das 7h às 19h por um bom tempo, até funcionarem em horário integral.

Estes testes que foram realizados no dia 19 de agosto não são muita novidade, pois eu já vi em outros finais de semana os trens circulando em velocidade alta, inclusive eu gravei alguns pequenos vídeos mostrando os trens circulando. Os testes são realizados para preparar o novo trecho para a tão aguardada operação comercial com funcionamento entre 4h40 e meia-noite.

OPERAÇÃO ASSISTIDA ENTRE AS ESTAÇÕES VILA UNIÃO E ORATÓRIO

No Portal da Transparência, dentro do site do Metrô de São Paulo, são divulgadas as demandas de passageiros por linha e dentre elas está a quantidade de passageiros que passaram pela operação assistida entre as estações Oratório e Vila União desde abril.

Em abril foram 29.528 passageiros, em maio foram 43.539 passageiros, em junho foram 56.760 passageiros, em julho 56.193 passageiros e até o dia 23 de agosto foram 58.874 passageiros, o que dá pra perceber é um aumento gradativo de passageiros circulando no trecho, de segunda a sexta-feira.

operação assistida monotrilhoROTINA DAS ESTAÇÕES

Vou contar agora o que eu observei na rotina das estações da Linha 15-Prata durante este mês de agosto, sobre a mudança do ponto final da linha 5110-10 na região da Estação Vila Prudente e outras informações pontuais.

FUNCIONÁRIOS NAS ESTAÇÕES

Uma coisa que eu notei neste mês de agosto é que a quantidade de funcionários presentes nas estações Vila União, Vila Tolstói, Camilo Haddad, São Lucas e Oratório aumentou consideravelmente, tanto na área do mezanino e nas plataformas, principalmente na Estação Oratório, onde eles ficam orientando os passageiros.

Pra quem não sabe lá na Estação Oratório, quem precisa seguir viagem até a Estação Vila Prudente é necessário dar a volta por dentro da estação, pagar a passagem nos bloqueios, subir as escadas rolantes e embarcar em um outro trem. Eu gravei um pequeno vídeo onde mostro abaixo.

A mesma coisa acontece pra quem precisa seguir viagem sentido Vila União, também é necessário dar a volta por dentro da estação, passar pelos bloqueios sem pagar a tarifa, subir as escadas e embarcar em um outro trem.

Teve uma vez que eu embarquei na Estação Oratório pra depois descer na Estação Vila União e quando foi chegando na Estação São Lucas no vagão que eu estava um rapaz disse “eu embarquei no lado errado eu preciso ir até Vila Prudente”, eu e as outras pessoas indicamos pra ele descer e esperar o trem no lado contrário pra depois chegar na Estação Vila Prudente.

HORÁRIO DA OPERAÇÃO ASSISTIDA

Desde o dia 30 de julho, o horário de funcionamento das quatro novas estações passou a ser das 9h às 16h, mas muitas pessoas ainda não conseguem utilizar essa uma hora a mais no período da manhã, visto que a maioria que se desloca para o trabalho, escola ou faculdade precisaria utilizar a linha entre 6h e 9h, por exemplo.

ampliação do horário cartaz
Aviso informando que atualmente as quatro novas estações funcionam das 9h às 16h, de segunda a sexta-feira. (Foto: Eduardo Silva)

Dentre essas pessoas eu conversei com o Henrique que trabalha ao lado da Estação Faria Lima da Linha 4-Amarela, pra ele o novo horário ainda não está adiantando muito.

“Eu fiz um teste nos três primeiros dias do novo horário de abertura das estações, eu moro do lado da Estação Vila Tolstói e preciso entrar no serviço às 10h, eu fiquei na plataforma da estação logo após sua abertura, o trem só passava depois de cerca de 12 minutos, depois tinha que descer na Estação Oratório, dar a volta por dentro dela pra pagar a passagem e depois esperar o outro trem até a Estação Vila Prudente. Na Vila Prudente, descer cinco escadas rolantes pra chegar na plataforma da Linha 2-Verde, depois fazer baldeação na Estação Consolação pra Linha 4-Amarela. Conclusão: eu acabei demorando cerca de 1h25 minutos pra fazer o trajeto. Por enquanto prefiro ir de ônibus até a Vila Prudente ou Oratório e pegar o metrô diretamente que gasto menos tempo.”

PONTOS DE ÔNIBUS E EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS

Uma outra observação interessante que eu não tinha contado ainda é que os pontos de ônibus na região das estações Camilo Haddad e São Lucas foram alocados em frente às novas estações desde as inaugurações, na Estação Camilo Haddad tem um ponto em frente à estação, na Avenida Vila Ema, sentido bairro e na Estação São Lucas tem um ponto em frente à estação, na Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, também no sentido bairro.

Entre as estações Vila Tolstói e São Lucas observando lá de cima do monotrilho é possível notar o chamado “boom imobiliário”, com os novos empreendimentos imobiliários que foram construídos nos terrenos entre as avenidas Vila Ema e Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, muitos deles já estão funcionando e outros estão prestes a serem inaugurados.

TERMINAL VILA PRUDENTE

Na região da Estação Vila Prudente da Linha 15-Prata o ponto de ônibus da linha 5109-10 Terminal Vila Prudente – Terminal Mercado que funcionava na Rua Cavour foi desativado e agora funciona no lado sul da Estação Vila Prudente da Linha 15-Prata, na Rua Correia Barros, ao lado da antiga Tecelagem Vânia.

O novo ponto inicial na Rua Correia Barros tem cobertura e área segregada para embarque (Foto: SPTrans)

Esta linha funciona somente de segunda a sábado, aos domingos não opera mais desde 2017. No local do antigo ponto final da Rua Cavour estão sendo realizadas obras, possivelmente devem estar construindo algum novo acesso para a Linha 15-Prata.

Rua Cavour
Obras que estão sendo realizadas no antigo ponto final da linha 5109-10 na Rua Cavour

Uma pergunta muito frequente dos passageiros que passam pela Vila Prudente é quando de fato o Terminal Vila Prudente será inaugurado? A inauguração já vem sido prometida desde dezembro de 2017 e já estamos caminhando para o fim do ano e nenhuma novidade a respeito. Os terminais norte e sul foram construídos, no Terminal Norte opera a linha 3160-10 Terminal Vila Prudente – Terminal Parque Dom Pedro II e no Terminal Sul agora opera a linha 5109-10 Terminal Vila Prudente – Terminal Mercado.

Terminal Central Vila Prudente
Na transferência entre as linhas 2-Verde e 15-Prata dá pra notar que dentro do novo terminal de ônibus as placas de sinalização já foram colocadas

TRÂNSITO NA REGIÃO DA ESTAÇÃO VILA UNIÃO

Pelo Facebook do Mobilidade Sampa nesta semana eu recebi a mensagem de um seguidor onde ele comenta sobre as condições de trânsito na região da Estação Vila União:

“A CET precisa urgentemente rever os sentidos das ruas que foram alteradas prejudicando muito os moradores do entorno da estação do Monotrilho Vila União da Linha 15-Prata. Precisa reorganizar e fazer a colocação de placas de orientação para saída em direção à Avenida Sapopemba e vice-versa para a Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello. Virou um caos isso aqui, ruas estreitas não suportam a quantidade de carros transitando.”

Neste caso a orientação é registrar uma manifestação no site SP156 da Prefeitura de São Paulo na seção Serviços – Trânsito para que a Companhia de Engenharia de Tráfego tome conhecimento e avalie a possibilidade de mudanças.

ACOMPANHAMENTO DA LINHA 15-PRATA

Eu vou continuar acompanhando nos próximos meses todas as informações a respeito da Linha 15-Prata e irei atualizar aqui no site, não deixe de acompanhar.

Nos meses anteriores (abril, maio, junho e julho) eu também fiz outros posts sobre a Linha 15-Prata e também como foi a inauguração das estações São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União, caso você queira dar uma lida.

Se você tiver qualquer dúvida ou quiser colaborar com alguma informação sobre a Linha 15-Prata me envie um e-mail para eduardo@mobilidadesampa.com.br ou envie uma mensagem no Whatsapp (11) 96292-9448 que irei te responder. Até mais!

MOBILIDADE SAMPA

Acompanhe o Mobilidade Sampa também nas redes sociais, siga no Twitter, siga no Instagram ou curta a página no Facebook.

Deixe seu comentário

comentários

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here