Greve de ônibus em São Paulo: Acompanhe aqui as últimas notícias

142
Natal Brás Greve de ônibus em São Paulo
Foto: Sidnei Santos

Os motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo realizaram uma greve de ônibus municipais de forma parcial nesta sexta-feira, dia 6 de setembro. O sindicato da categoria conseguiu junto às empresas a suspensão da redução da frota de ônibus e a demissão dos cobradores. Além disso, o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados, que estava em atraso, será realizado na quarta-feira, dia 11 de setembro.

Neste post atualizamos as informações em tempo real sobre a greve de ônibus municipais, logo mais abaixo segue a cronologia. Em nosso Twitter, também atualizamos as informações em tempo real.

Os trens do Metrô e da CPTM e as linhas de ônibus intermunicipais da EMTU circularam normalmente nesta sexta-feira. O rodízio municipal de veículos foi suspenso durante todo o dia. A Zona Máxima de Restrição a Fretados foi suspensa, assim como foi liberado o uso gratuito das vagas de Zona Azul. As restrições de circulação nas faixas exclusivas e corredores de ônibus vigoraram normalmente, conforme orientação da sinalização local.

20h55 – Encerramos por aqui a cobertura da greve parcial de motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo. Obrigado a todos pela atenção! Siga o Mobilidade Sampa também nas redes sociais, estamos no Twitter, Facebook e Instagram.

20h10 – Após o encerramento da greve parcial de ônibus, o sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus divulgou um comunicado em seu site resumindo as principais reivindicações da categoria que foram atendidas após tratativas com a Prefeitura de São Paulo nesta sexta-feira. Foi assinado um termo de compromisso onde prevê:

  • Pagamento integral da Participação nos Lucros e Resultados na próxima quarta-feira, dia 11 de setembro;
  • Abono dos dias de paralisação, não haverá descontos;
  • Manutenção dos postos de trabalho;
  • Não haverá mais redução da frota de ônibus;
  • Assegurando o cumprimento da convenção coletiva da categoria pelas novas empresas que assinarem contrato de concessão.

19h57 – O Metrô também adotou operação especial para atender à demanda de passageiros durante a paralisação parcial de ônibus. Na quinta-feira, dia 5 de setembro, foram transportados 110 mil passageiros a mais, no período da tarde.

18h48 – A Prefeitura de São Paulo iniciou a assinatura dos 32 contratos de operação do novo sistema de transporte coletivo, que terão prazo de 15 anos. O edital prevê uma série de melhorias obrigatórias, como a chegada de ônibus mais modernos com ar-condicionado, Wi-Fi, entrada USB e motores menos poluentes. A contratação também traz segurança jurídica à rede municipal de transporte, pois permitirá o encerramento dos contratos emergenciais.

18h30 – A CPTM adotou operação especial para atender à demanda de passageiros durante a greve de ônibus parcial na cidade ocorrida nesta quinta e sexta-feira.

18h07 – Com o encerramento da greve de ônibus parcial de motoristas e cobradores, todos os terminais de ônibus estão em operação e as linhas de ônibus circulam por toda a cidade.

16h58 – O trânsito foi liberado na Rua Wenceslau Brás e nos viadutos Jacareí e Nove de Julho, após o encerramento da greve de ônibus parcial na cidade.

16h18 – O prefeito Bruno Covas falou à imprensa e deu mais detalhes sobre o encerramento da greve de ônibus parcial na cidade. “Após várias reuniões, estamos anunciando o encerramento da greve e ainda a assinatura do novo contrato de concessão de ônibus na Cidade de São Paulo”, afirma o prefeito.

Entrevista do prefeito
Foto: Divulgação/Prefeitura de São Paulo

Segundo o prefeito, a readequação do sistema de transporte público será feito em etapas e permitirá a modernização da frota, além de mais fluxo de caixa para as empresas que operam na cidade. “Com a mudança, vamos adequar a taxa de retorno das empresas. A Procuradoria Geral do Município apresentou o parecer final que permite que os 32 contratos sejam assinados hoje e publicados no Diário Oficial amanhã. O prazo será mudado de 20 para 15 anos”, diz Bruno Covas.

Sobre a greve, encerrada nesta tarde, o prefeito informa que a Polícia Civil está investigando a participação de quatro empresas na paralisação dos motoristas e cobradores de ônibus. “Não há nenhum valor em atraso, estamos em dia com as concessionárias de ônibus, mas na segunda-feira vamos antecipar receita de R$ 40 milhões para que as empresas possam ter fluxo de caixa e pagar a participação nos lucros aos funcionários”.

16h10 – Após o término da greve parcial de motoristas e cobradores de ônibus, o Terminal Parque Dom Pedro II foi reaberto.

16h02 – Com o término da greve parcial de motoristas e cobradores de ônibus, o trânsito no Viaduto do Chá, está liberado em ambos os sentidos.

15h45 – Atenção! Está encerrada a greve parcial dos motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo. O presidente licenciado do sindicato da categoria, Valdevan Noventa, disse em assembleia que no momento a Prefeitura de São Paulo suspendeu a diminuição da frota de ônibus e a retirada dos cobradores.

Valdevan Noventa, também disse que a Participação nos Lucros e Resultados, será paga em parcela única na próxima quarta-feira, dia 11 de setembro. Em um primeiro momento, as empresas queriam pagar em três parcelas e depois duas parcelas.

Com o término da greve parcial de motoristas e cobradores, os trabalhadores retornam aos seus postos de trabalho e nas próximas horas a frota de ônibus deve voltar a normalidade na cidade.

15h11 – No tweet abaixo, informação sobre o funcionamento das linhas intermunicipais da EMTU neste sábado, dia 7 de setembro.

15h – A SPTrans informou que às 15h00, o sistema municipal de transporte coletivo opera com 70% da frota de veículos para a faixa horária. No início da tarde, 22 linhas de ônibus não estão circulando.

Na Zona Norte, as linhas 9300/10 Terminal Casa Verde – Terminal Parque Dom Pedro II e 9301/10 Terminal Casa Verde – Praça do Correio estão paralisadas no Terminal Casa Verde e a linha 9162/10 Vila Penteado – Terminal Casa Verde está paralisada na Vila Penteado.

As linhas provenientes da Avenida Rio Branco não estão atendendo o Terminal Correio e efetuam retorno operacional na altura do Largo do Arouche e Terminal Princesa Isabel.

Três linhas de trólebus fazem desvios e uma está paralisada em razão de manifestação de motoristas e cobradores de ônibus na região central.

Veja os desvios:

2100/10 Terminal Vila Carrão – Praça da Sé
3160/10 Terminal Vila Prudente – Terminal Parque Dom Pedro ll
Desvio: normal até a Rua da Figueira, Avenida Rangel Pestana, Rua Piratininga, Avenida Alcântara Machado.

2290/10 Terminal São Mateus – Terminal Parque Dom Pedro ll
Desvio: normal até a Rua do Gasômetro, Rua Jairo Góes, Avenida Rangel Pestana.

2002/10 Terminal Parque Dom Pedro ll – Terminal Bandeira
Paralisada.

O sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus bloqueou a entrada e saída do Terminal Parque Dom Pedro, às 8h20.

Os demais 29 terminais municipais estão com operação de ônibus.

Técnicos da SPTrans estão nas ruas desde a madrugada, monitorando a operação do transporte público e orientando passageiros nos terminais e pontos estratégicos da cidade.

Segue a relação de linhas da viação Sambaíba Transportes prejudicadas:

9300/10 Terminal Casa Verde – Terminal Parque Dom Pedro II
9301/10 Terminal Casa Verde – Praça do Correio
9162/10 Vila Penteado – Terminal Casa Verde (está paralisada na Vila Penteado)
2002/10 Terminal Parque Dom Pedro II – Terminal Bandeira
148P/10 Pedra Branca – Metrô Barra Funda
1741/10 Vila Dionísia – Metrô Santana
1742/10 Jardim Antártica – Metrô Santana
1743/10 Jardim Pery Alto – Shopping D
1758/10 Jardim Antártica – Metrô Santana
1759/10 Jardim Pery – Metrô Santana
148L/10 Cohab Antártica – Lapa
211L/10 Mandaqui – Lapa
1760/10 Cohab Antártica – Shopping Center Norte
297A/10 Jardim Primavera – Metrô Barra Funda
9166/10 Jardim Santa Cruz – Terminal Cachoeirinha
967A/10 Imirim – Pinheiros
971A/10 Jardim Primavera – Shopping D
9701/10 Hospital Cachoeirinha – Metrô Santana
971D/10 Jardim Damasceno – Shopping Center Norte
971M/10 Vila Penteado – Metrô Santana
971T/10 Vila Santa Maria – Metrô Santana
971V/10 Jardim Vista Alegre – Shopping Center Norte

14h15 – Os motoristas e cobradores de ônibus obedeceram à determinação da Justiça do Trabalho e mantiveram 70% da frota circulando no horário de pico, entre 6h e 9h da manhã desta sexta-feira. O presidente licenciado do sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus, Valdevan Noventa, em entrevista ao programa Aqui na Band, disse que no horário de pico da tarde, que concentra maior número de passageiros entre 16h e 19h, também seguirá a determinação judicial. Valdevan Noventa também afirmou ao
Aqui na Band que a paralisação deve seguir até que os termos sejam negociados com a
Prefeitura de São Paulo. A categoria protesta contra a redução da frota e retirada dos cobradores, além disso pedem o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados.

13h59 – A SPTrans informou que na Zona Norte, as linhas 9300/10 Terminal Casa Verde – Terminal Parque Dom Pedro II e 9301/10 Terminal Casa Verde – Praça do Correio estão paralisadas no Terminal Casa Verde e a linha 9162/10 Vila Penteado – Terminal Casa Verde está paralisada na Vila Penteado.

13h50 – O sindicato dos motoristas de ônibus emitiram uma nota oficial em seu site informando que a categoria respeitou a decisão judicial, mas o protesto na Prefeitura de São Paulo está mantido. Confira abaixo a íntegra da nota:

“Em cumprimento à decisão da Justiça do Trabalho, os condutores de São Paulo realizam uma paralisação parcial dos ônibus e um grande protesto em frente à Prefeitura.

A decisão judicial prevê que 70% da frota de ônibus circule nos horários de pico (das 6h às 9h e das 16h às 19h) e 50% nos horários normais.

A luta é pelo pagamento da Participação nos Lucros e Resultados, em defesa do emprego dos trabalhadores e pelo fim da redução da frota de ônibus.

Mesmo com os protestos de ontem que pararam a capital paulista e repercutiram em todos os veículos de imprensa, o prefeito Bruno Covas não se pronunciou sobre a pauta de reivindicações.

A reunião que os dirigentes tiveram com o Secretário Municipal de Mobilidade e Transportes, Edson Caram, não teve avanços, muito pelo contrário, ele confirmou o ‘desmonte’ do sistema de transporte público por ônibus que está em curso na cidade e que o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados será feito em 10 dias.

Diante dos últimos acontecimentos, o deputado federal e presidente licenciado do sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus, Valdevan Noventa, junto com a direção e trabalhadores decretou a paralisação para esta sexta-feira.

‘A nossa categoria já provou que é de luta. Estamos enfrentando uma crise sem precedentes no sistema e o Poder Público e os empresários de ônibus querem jogar essa conta para o trabalhar pagar. Isso jamais vai acontecer. Agora é guerra. Vamos defender com as armas que temos nossos direitos e empregos’, afirmou Valdevan Noventa.”

13h47 – Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego, permanecem os bloqueios na região central, por causa da greve parcial de motoristas e cobradores de ônibus nesta sexta-feira. Os bloqueios acontecem:

  • Rua Wenceslau Brás, sentido único, junto à Praça da Sé;
  • Viaduto Jacarei, sentido único, bloqueando a pista da esquerda;
  • Viaduto Nove de Julho, sentido único, interditando a pista da esquerda;
  • Viaduto do Chá, interditado nos dois sentidos da via.

13h30 – A SPTrans informou que permanecem com bloqueios no Centro (Viaduto do Chá, Rua Coronel Xavier de Toledo, Praça da Sé e Terminal Parque Dom Pedro II) com desvio de linhas de ônibus nessas regiões.

12h – Segundo a SPTrans, na Zona Norte, as linhas 9300/10 Terminal Casa Verde – Terminal Parque Dom Pedro II e 9301/10 Terminal Casa Verde – Praça do Correio estão paralisadas no Terminal Casa Verde.

11h23 – Informações da Prefeitura de São Paulo, sobre a paralisação parcial de ônibus na cidade, nos dois tweets abaixo.

11h – A SPTrans informou que às 11h, o sistema municipal de transporte coletivo opera com 70% da frota de veículos para a faixa horária. 18 linhas da viação Sambaíba Transportes não estão circulando. Três linhas de trólebus fazem desvios e uma está paralisada em razão de manifestação de motoristas e cobradores de ônibus na região central.

Veja os desvios:

2100/10 Terminal Vila Carrão – Praça da Sé
3160/10 Terminal Vila Prudente – Terminal Parque Dom Pedro ll
Desvio: normal até a Rua da Figueira, Avenida Rangel Pestana, Rua Piratininga, Avenida Alcântara Machado.

2290/10 Terminal São Mateus – Terminal Parque Dom Pedro ll
Desvio: normal até a Rua do Gasômetro, Rua Jairo Góes, Avenida Rangel Pestana.

2002/10 Terminal Parque Dom Pedro ll – Terminal Bandeira
Paralisada.

O sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus bloqueou a entrada e saída do Terminal Parque Dom Pedro, às 8h20.

Os demais 29 terminais municipais estão com operação de ônibus.

Técnicos da SPTrans estão nas ruas desde a madrugada, monitorando a operação do transporte público e orientando passageiros nos terminais e pontos estratégicos da cidade.

Segue a relação de linhas da viação Sambaíba Transportes prejudicadas:

148P/10 Pedra Branca – Metrô Barra Funda
1741/10 Vila Dionísia – Metrô Santana
1742/10 Jardim Antártica – Metrô Santana
1743/10 Jardim Pery Alto – Shopping D
1758/10 Jardim Antártica – Metrô Santana
1759/10 Jardim Pery – Metrô Santana
148L/10 Cohab Antártica – Lapa
211L/10 Mandaqui – Lapa
1760/10 Cohab Antártica – Shopping Center Norte
297A/10 Jardim Primavera – Metrô Barra Funda
9166/10 Jardim Santa Cruz – Terminal Cachoeirinha
967A/10 Imirim – Pinheiros
971A/10 Jardim Primavera – Shopping D
9701/10 Hospital Cachoeirinha – Metrô Santana
971D/10 Jardim Damasceno – Shopping Center Norte
971M/10 Vila Penteado – Metrô Santana
971T/10 Vila Santa Maria – Metrô Santana
971V/10 Jardim Vista Alegre – Shopping Center Norte

10h07 – A Prefeitura de São Paulo emitiu uma nota informando que a reorganização das linhas de ônibus na cidade é discutida desde 2013 e que a modernização da frota de ônibus vai contribuir para aumentar a qualidade dos serviços ofertados. Confira abaixo a nota na íntegra:

“A Prefeitura de São Paulo informa que, para garantir o deslocamento da população nesta sexta-feira, dia 6 de setembro, conseguiu decisão favorável à circulação da frota junto à Justiça do Trabalho. Considerando que se trata de atividade essencial houve a determinação para que se mantenha o funcionamento de, no mínimo, 70% da circulação da frota nos horários de pico (6h às 9h e 16h às 19h) e de 50% nos demais horários, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia, no caso de descumprimento. Como medidas para amenizar o impacto da paralisação para a população, a Prefeitura suspendeu o rodízio municipal de veículos, a Zona Máxima de Restrição a Fretados e a cobrança das vagas de Zona Azul.

Quanto às obrigações das empresas de ônibus com os funcionários, apesar de ser uma relação privada entre as partes, a Prefeitura se colocou à disposição para antecipar receitas a serem repassadas para as concessionárias e, assim, auxiliar na resolução.

Quanto à reorganização das linhas de ônibus, a situação é discutida desde 2013, quando começaram a ser feitos os primeiros contratos emergenciais do sistema de ônibus. A nova licitação, cujos novos contratos estão sendo assinados, prevê alterações paulatinas em linhas e no perfil de veículos utilizados. A modernização da frota irá contribuir para aumentar a qualidade dos serviços ofertados.

A reciclagem dos cobradores ocorre de maneira natural nas empresas já que atualmente, em todo sistema, apenas 5% dos passageiros fazem o pagamento da tarifa em dinheiro. Com o avanço da tecnologia e cobrança automática das tarifas no transporte coletivo, esses profissionais já passam por programas de reciclagem nas empresas e são reaproveitados pelo sistema em outras atividades como: fiscalização, manutenção, administração, entre outras.

O pagamento eletrônico, por meio do Bilhete Único, proporciona comodidade para o passageiro, pois ele não precisa carregar dinheiro trocado e tem a vantagem da integração pagando apenas uma passagem.

O assunto será debatido pela comissão criada para desenvolver um projeto de requalificação dos cobradores de ônibus. O grupo é composto por representantes da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, São Paulo Transporte, Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo e Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo. As parcelas da dívida junto às empresas estão sendo pagas conforme o programado.

Desde 2014, os veículos do Subsistema Local, cerca de 6 mil coletivos, já circulam sem cobrador. A cidade conta, atualmente, com 17 mil cobradores.”

9h38 – Ônibus parados no cruzamento da Rua da Consolação com a Avenida São Luís, no Centro.

9h27 – Ônibus parados na Praça da Sé, no Centro.

9h20 – O Linhas Metropolitanas relacionou algumas linhas de ônibus intermunicipais da EMTU que podem servir como alternativa às linhas de ônibus municipais que estiverem paralisadas.

9h18 – Ônibus parados na Avenida Elísio Cordeiro de Siqueira, na direção do Centro, na Zona Oeste.

9h12 – Viaduto do Chá segue bloqueado nos dois sentidos.

9h03 – Interdição da Rua Wenceslau Brás, no Centro.

8h55 – Informação sobre a Linha 5-Lilás de metrô no tweet abaixo.

8h35 – A SPTrans informou que às 8h30, o sistema municipal de transporte coletivo opera com 70% da frota de veículos para a faixa horária. 18 linhas da viação Sambaíba Transportes não estão circulando. Três linhas de trólebus fazem desvios e uma está paralisada em razão de manifestação de motoristas e cobradores de ônibus na região central.

Veja os desvios:

2100/10 Terminal Vila Carrão – Praça da Sé
3160/10 Terminal Vila Prudente – Terminal Parque Dom Pedro ll
Desvio: normal até a Rua da Figueira, Avenida Rangel Pestana, Rua Piratininga, Avenida Alcântara Machado.

2290/10 Terminal São Mateus – Terminal Parque Dom Pedro ll
Desvio: normal até a Rua do Gasômetro, Rua Jairo Góes, Avenida Rangel Pestana.

2002/10 Terminal Parque Dom Pedro ll – Terminal Bandeira
Paralisada.

O sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus bloqueou a entrada e saída do Terminal Parque Dom Pedro, às 8h20.

Os demais 29 terminais municipais estão com operação de ônibus.

Técnicos da SPTrans estão nas ruas desde a madrugada, monitorando a operação do transporte público e orientando passageiros nos terminais e pontos estratégicos da cidade.

Segue a relação de linhas da viação Sambaíba Transportes prejudicadas:

148P/10 Pedra Branca – Metrô Barra Funda
1741/10 Vila Dionísia – Metrô Santana
1742/10 Jardim Antártica – Metrô Santana
1743/10 Jardim Pery Alto – Shopping D
1758/10 Jardim Antártica – Metrô Santana
1759/10 Jardim Pery – Metrô Santana
148L/10 Cohab Antártica – Lapa
211L/10 Mandaqui – Lapa
1760/10 Cohab Antártica – Shopping Center Norte
297A/10 Jardim Primavera – Metrô Barra Funda
9166/10 Jardim Santa Cruz – Terminal Cachoeirinha
967A/10 Imirim – Pinheiros
971A/10 Jardim Primavera – Shopping D
9701/10 Hospital Cachoeirinha – Metrô Santana
971D/10 Jardim Damasceno – Shopping Center Norte
971M/10 Vila Penteado – Metrô Santana
971T/10 Vila Santa Maria – Metrô Santana
971V/10 Jardim Vista Alegre – Shopping Center Norte

8h33 – Segundo o Circular Avenidas, os ônibus da empresa A2 Transportes operam normalmente.

8h32 – Segundo a rádio Band News FM, os ônibus no Terminal Parque Dom Pedro II, no Centro, paralisaram as atividades. Muitos passageiros estavam dentro dos coletivos, mas os veículos estão desligados. A ação já estava prevista como apoio aos protestos de motoristas e cobradores de ônibus que ocorrem em frente à Prefeitura de São Paulo, no Viaduto do Chá.

8h23 – O Rogério Magalhães está circulando pelas regiões do Ipiranga e Cursino e conta nos tweets abaixo o que observou no caminho.

8h22 – O José Euvilásio do Circular Avenidas está na região do Jabaquara e conta como está a situação por lá.

8h13 – O prefeito Bruno Covas, em entrevista à rádio Bandeirantes, informou que quatro empresas de ônibus estão paradas nesta manhã. São elas: Santa Brígida, Sambaíba Transportes, Ambiental e Gato Preto.

7h55 – Acompanhe a circulação de ônibus em tempo real pelo sistema Olho Vivo da SPTrans ou nos aplicativos de ônibus.

7h59 – O Secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, em entrevista à rádio Band News FM disse que a operação no Metrô e na CPTM é normal nesta manhã. Ele afirmou também que há reforço de trens nas linhas 9-Esmeralda e 11-Coral da CPTM e nas linhas 1-Azul e 3-Vermelha do Metrô. Se for necessário, segundo o secretário, a frota de trens vai continuar com esquema especial mesmo depois do horário de pico da manhã. Quanto às linhas de ônibus intermunicipais da EMTU, algumas linhas registraram aumento de fluxo, mas os ônibus estão circulando normalmente na Região Metropolitana de São Paulo.

7h51 – O prefeito de São Paulo não descarta a prática de locaute na greve de ônibus hoje. Questionado na rádio Bandeirantes, Bruno Covas disse: “claro que há uma suspeita em relação a isso, ainda não confirmada, até porque nós temos quatro empresas que não tem nenhum ônibus circulando”.

7h50 – O Metrô informou para a rádio Band News FM que o número de trens foi intensificado nas linhas 1-Azul e 3-Vermelha para atender os passageiros em meio à greve de ônibus parcial dos motoristas e cobradores de ônibus. Já a CPTM informou para a rádio Band News FM que a Linha 11-Coral foi a única, até o momento, a registrar fluxo maior do que o normal.

7h35 – Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego, as restrições de circulação nas faixas exclusivas e corredores de ônibus vigoram normalmente, conforme orientação da sinalização local.

7h33 – A movimentação de ônibus no Terminal Grajaú, na Zona Sul, é normal, segundo os ouvintes da rádio BandNews FM. O fluxo de passageiros, no entanto, é menor do que em um dia normal.

7h32 – A Tatiana Santiago está na região do Terminal Tucuruvi, na Zona Norte, e registrou nos tweets abaixo como está a circulação de ônibus por lá, nesta sexta-feira de greve de ônibus parcial.

7h31 – O Rogério embarcou na estação Jardim Planalto da linha 15-Prata de monotrilho e lá do alto da estação observou a garagem de ônibus da Via Sudeste cheia de ônibus.

7h29 – Informações sobre interdição em três viadutos por causa da greve de ônibus parcial.

7h29 – Registro de uma garagem de ônibus cheia na Avenida de Pinedo, na Zona Sul.

7h20 – Carreata de ônibus da viação Sambaíba Transportes na Avenida Santos Dumont, sentido Centro.

7h12 – Ônibus estacionados na região da República por causa da greve de ônibus parcial.

7h11 – Segundo apuração da rádio Bandeirantes, três terminais continuam com operação parcial nesta manhã. São eles: Parque Dom Pedro II, Bandeira e Santo Amaro.

7h06 – A Fernanda passou pelo Terminal Jardim Ângela, na Zona Sul, e registrou como está a situação por lá.

7h04 – Confira nos tweets abaixo as informações sobre o Terminal Vila Prudente.

7h – A SPTrans informou que às 7h, o sistema municipal de transporte coletivo opera com 70% da frota de veículos para a faixa horária. Segundo a SPTrans, 18 linhas da viação Sambaíba Transportes não estão circulando. Os 30 terminais municipais estão com operação de ônibus.

Segue a relação de linhas prejudicadas:

148P/10 Pedra Branca – Metrô Barra Funda
1741/10 Vila Dionísia – Metrô Santana
1742/10 Jardim Antártica – Metrô Santana
1743/10 Jardim Pery Alto – Shopping D
1758/10 Jardim Antártica – Metrô Santana
1759/10 Jardim Pery – Metrô Santana
148L/10 Cohab Antártica – Lapa
211L/10 Mandaqui – Lapa
1760/10 Cohab Antártica – Shopping Center Norte
297A/10 Jardim Primavera – Metrô Barra Funda
9166/10 Jardim Santa Cruz – Terminal Cachoeirinha
967A/10 Imirim – Pinheiros
971A/10 Jardim Primavera – Shopping D
9701/10 Hospital Cachoeirinha – Metrô Santana
971D/10 Jardim Damasceno – Shopping Center Norte
971M/10 Vila Penteado – Metrô Santana
971T/10 Vila Santa Maria – Metrô Santana
971V/10 Jardim Vista Alegre – Shopping Center Norte

6h59 – Todas as linhas e estações do Metrô estão em operação na manhã desta sexta-feira.

6h50 – Informação da Bruna sobre o terminal de ônibus no Metrô Tatuapé.

6h46 – Viaduto do Chá bloqueado na região central.

6h40 – Ouvintes da rádio CBN relatam que as lotações na região de São Miguel Paulista, na Zona Leste, estão circulando normalmente, ao menos as que estão em direção ao Metrô Artur Alvim.

6h37 – Segundo a rádio Band News FM, no Terminal Parque Dom Pedro, no Centro, a circulação dos ônibus continua aparentemente normal, porém com um maior intervalo entre os ônibus. Muitos passageiros que estavam cientes da greve de ônibus se anteciparam e chegaram mais cedo ao terminal.

6h34 – Segundo a rádio Band News FM, no Terminal Bandeira, no centro da capital paulista, somente metade das plataformas apresenta ônibus em operação.

6h34 – Segundo a rádio Band News FM, somente metade do Terminal Santo Amaro, na Zona Sul, opera neste momento. A expectativa é de que dentro de alguns minutos a situação fique ainda mais complicada.

6h33 – O Marcos nos avisou pelo Twitter o terminal de ônibus no Metrô Tatuapé está operando normalmente nesta sexta-feira com greve de ônibus parcial.

6h28 – A EMTU informou que o Centro de Gestão e Supervisão está de prontidão para adotar providências se a SPTrans acionar o Plano Operacional de Emergência. A frota das linhas intermunicipais de 4.800 ônibus está 100% nas ruas. Também foi reforçado o número de agentes fiscais nas vias para ações de desvios ou prolongamento das linhas. Nos 39 municípios da Região Metropolitana operam 547 ônibus que transportam diariamente cerca de 1,8 milhão passageiros.

6h26 – Ouvintes da rádio Trânsito relatam ônibus circulando pela Avenida Braz Leme.

6h25 – O rodízio municipal de veículos está suspenso nesta sexta-feira, nos dois períodos, durante todo o dia. Também está suspensa a Zona Máxima de Restrição a Fretados e liberado o uso gratuito das vagas de Zona Azul. As faixas reversíveis irão seguir a operação normal nesta sexta-feira, tanto no período da manhã, quanto no período da tarde.

6h22 – Cerca de 10 ônibus estão parados no Viaduto do Chá. Os passageiros são informados que devem desembarcar dos ônibus e buscar outro meio de seguir viagem. O protesto do sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus estava marcado para às 8h, mas a ordem imediata é que os motoristas levem os veículos para frente da Prefeitura de São Paulo, no Viaduto do Chá.

6h20 – Linhas de ônibus intermunicipais gerenciadas pela EMTU operam normalmente nesta sexta-feira.

6h16 – Situação do trânsito na Avenida Professor Francisco Morato, nas proximidades da Ponte Eusébio Matoso.

6h14 – Informação da Amanda que passou pela rodovia Anchieta.

6h14 – Terminal Campo Limpo, na Zona Sul, com operação parcial, mas sem grandes filas, segundo ouvintes da rádio Band News FM.

6h13 – Todas as estações e linhas do Metrô e da CPTM estão funcionando normalmente. Haverá um operação especial para atender a demanda de passageiros, além dos horários de pico, com oferta máxima de trens e reforço de equipes nas estações.

6h07 – Situação do trânsito na Estrada do Campo Limpo.

6h05 – Segundo a Auto Viação Transcap, as linhas 807J/10 e 807M/10 Terminal Campo Limpo e Shopping Morumbi operam dentro do programado, assim como as demais linhas operadas pela empresa.

5h56 – Segundo ouvintes da rádio Band News FM, no terminal de ônibus do Metrô Itaquera, na Zona Leste, há ônibus circulando, mas em número menor. Ainda não há superlotação. Já no Terminal Grajaú, na Zona Sul, as menores filas são do embarque para o centro de São Paulo.

5h46 – Ouvintes da rádio Band News FM relataram por volta das 5h25 que o Terminal João Dias, na Zona Sul, estava com ônibus em operação, mas com maior tempo de parada.

5h45 – Ouvintes da rádio Band News FM relataram por volta das 5h15 que não havia ônibus no Terminal Pirituba, na Zona Norte.

5h33 – Alguns ônibus circulando pela Estrada de Itapecerica, na Zona Sul.

5h31 – Situação aparentemente normal até o momento nos terminais de ônibus do Metrô Tatuapé, segundo ouvintes da rádio Band News FM.

5h30 – Segundo ouvintes da rádio Band News FM, situação normal no Terminal Bandeira.

5h27 – Segundo ouvintes da rádio Band News FM, situação normal no Terminal Bandeira.

5h26 – Greve de ônibus parcial no Terminal Parque Dom Pedro II, no Centro, com ônibus voltano a circular gradativamente.

5h10 – A Bruna registrou a situação no terminal Sul de ônibus do Metrô Tatuapé.

5h – Bom dia! Iniciamos aqui a cobertura da greve de ônibus de São Paulo.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here