EMTU inicia fase de cobertura do novo terminal do km 21, em Osasco

651

O Terminal do km 21, que começa a ser coberto, faz parte do Corredor Metropolitano Itapevi/São Paulo, que beneficiará usuários dos municípios de Itapevi, Jandira, Barueri, Carapicuíba, Osasco e São Paulo.

Para cobertura do terminal, que terá área de 16.800 m², serão utilizados 20 módulos de 29 x 29 metros, com peso líquido de 20 toneladas cada um. Para o içamento a construtora está utilizando um guindaste modelo GMK 5225, com capacidade para 170 toneladas.

Outros trechos da obra

O trecho Itapevi – Jandira possui 5Km de extensão e atenderá 10 mil usuários/dia. Obras previstas: viaduto Ameríndia, passarela sobre CPTM, Estação de Transferência Itapevi, nova avenida com duas faixas por sentido, dez pontos de parada nos dois sentidos e calçadas compartilhadas com ciclovia, desafogando as ruas do centro da cidade e diminuindo o tempo de viagem em mais de 20%.

O trecho Jandira – Carapicuíba tem extensão de 8,8km e atenderá 33 mil usuários/dia. Além do viário, faz parte desse trecho o Terminal Carapicuíba, uma Estação de Transferência (Barueri) e sete estações de embarque/desembarque.

O Trecho Carapicuíba/Osasco km 21 tem extensão de 2,2 km e estão previstos o Terminal km 21, em fase de cobertura, além de duas estações de embarque e desembarque.

Em 23/03, o Diário Oficial do Estado publicou a emissão da Licença Prévia liberando o último trecho de 7,6 km do Corredor Metropolitano Itapevi – São Paulo, ligando o Terminal do km 21 até o Terminal Vila Yara, na divisa entre Osasco e São Paulo.

Deixe seu comentário