Jovens podem colocar idéias sobre mobilidade em prática por meio de concurso internacional

211

Desafio é uma parceira entre Brasil e Suécia. Inscrições podem ser feitas até 31 de maio. Projeto vencedor vai sair do papel.

Muitas vezes as soluções para a mobilidade urbana podem ser simples sem deixar ao mesmo tempo de ter um caráter inovador.

Uma das críticas sobre o fato de que a mobilidade ainda não consegue mais avanços é o distanciamento ainda existente entre o mundo acadêmico e o mercado, ou seja, o conhecimento nem sempre anda junto do cotidiano e vice-e-versa.

Um concurso internacional que une Brasil e Suécia promete mostrar que a área dos estudos e a operação prática das medidas em prol da mobilidade urbana podem estar mais próximas do que se imagina e trazerem soluções reais para o dia a dia das pessoas.

A Embaixada da Suécia, o Swedish Institute , Munktell Science Park e o Fundo Verde da Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ buscam brasileiros inovadores e que tenham sugestões de como lidar com a mobilidade urbana.

Para isso, estão abertas as inscrições para jovens universitários e profissionais para o desafio ‘Smart Living Challenge’.

O desafio neste ano traz a possibilidade de a ideia vencedora ser aplicada na prática.

O projeto incialmente será testado na cidade universitária da UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Se os resultados forem positivos, a ideia poderá passar por testes na capital fluminense ou em outras cidades.

O desafio foi dividido em três grandes temas: Transporte (Move), Alimentação (Eat) e Moradia (Live). Em 2015, três países participam: o Brasil focará no tema Transporte; a Sérvia desenvolverá o de Moradia; e a Zâmbia o de Alimentação.

As inscrições no Brasil devem ser feitas até o dia 31 de maio pelo e-mail leandro.rocha@gov.se, com os seguintes tópicos: breve background acadêmico e profissional, a motivação para se inscrever no desafio e sugestão de ideia para o projeto de mobilidade para a Cidade Universitária da UFRJ (em aproximadamente 15 linhas), além de dados de contato, como telefone e e-mail. Podem participar jovens de qualquer parte do país, mas um importante pré-requisito é a disponibilidade para realizar encontros semanais presenciais no Rio de Janeiro durante o período do projeto por três meses. Também é necessária a fluência na língua inglesa.

Além de ser testada na prática, idéia vai ser apresentada na COP21, em Paris, no mês de dezembro.

Fonte: Blog Ponto de Ônibus

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here