Falha interrompe circulação de trens da Linha 5-Lilás do Metrô nesta manhã

1369
Número de bloqueios para entrada ficou reduzido na estação Capão Redondo (Imagem: André Souza)

Uma falha em um trem na Estação Vila das Belezas por volta das 8h18, interrompeu a circulação de trens da Linha 5-Lilás do Metrô na manhã desta Segunda-Feira. A Linha 5-Lilás atende o trecho (Adolfo Pinheiro – Capão Redondo) na Zona Sul da capital paulista.

Por volta das 9h o Metrô anunciou em seu perfil oficial no Twitter que para garantir a segurança dos usuários, o acesso às estações estavam fechados. E a equipe de manutenção estava atuando para sanar a falha no trem.

E logo depois às 9h30 o Metrô anunciou que os acessos às estações foram reabertos, porém o número de bloqueios para entrada estava reduzido para maior segurança na plataforma.

O usuário André Souza estava na estação Capão Redondo e nos relatou o que observou no momento da paralisação:

Por volta das 8h40 o Metrô anunciou que a linha estava totalmente paralisada e informaram que dentro de 15 minutos ia normalizar tudo. Só que ficou um trem aqui parado por 15 minutos aqui na estação Capão Redondo lotado de pessoas. E agora eles simplesmente esvaziaram a plataforma e estão anunciando que a linha continua paralisada, sem previsão de normalização. Tem muitas pessoas saindo da estação tentando pegar ônibus. Saíram dois trens lotados daqui, desde o período de 8h10 da manhã até agora por volta de 9h23, ou seja, em 1 hora e 13 minutos saíram apenas dois trens lotados.

O usuário @Diguh_S nos relatou via Twitter que ficou parado cerda de 20 minutos na estação Vila das Belezas e mais algum tempo na estação Giovanni Gronchi.

O usuário Roberto Macedo @Discrepante também relatou via Twitter: “O metrô linha Lilás informa que a circulação está paralisada, mas nada de prestar um auxilio a usuários nem devolver tarifa.”

Às 9h49 o problema operacional foi resolvido e a circulação dos trens entrou em processo de normalização.

Plataforma de embarque da estação Capão Redondo. Créditos: André Souza
Plataforma de embarque da estação Capão Redondo (Créditos: André Souza)

Deixe seu comentário