Nova Geração de ônibus Scania chega com o maior pacote de serviços da história da marca para o segmento

Programa de manutenção com planos flexíveis, plataforma que permite avaliação de desempenho dos motoristas e Scania Zone estão entre os novos recursos

97
Foto: Divulgação/Scania

A Scania escolheu o mais amplo portfólio de serviços desde que chegou ao Brasil, há 65 anos, para equipar a Nova Geração de ônibus Euro 6, a gama com o menor custo total de operação e de consumo de combustível, que a fabricante já proporcionou, e também da mais alta disponibilidade, aos seus clientes.

“Ao adquirir a Nova Geração, o cliente terá o melhor ônibus Scania de todos os tempos, em termos de produtos e de serviços. Trata-se da geração lançada há apenas três anos na Europa, e que chega com o pacote mais completo que podemos oferecer em serviços ao segmento. O cliente terá em mãos todos os requisitos para ter a gestão mais eficiente do mercado, ampliando ainda mais o poder transformador e disruptivo da conectividade, interligando o programa de manutenção flexível, e ideal, até o sistema Scania Zone, um produto opcional contratado que permite aos operadores um monitoramento mais próximo e personalizado da frota”, afirma Alex Barucco, gerente de Portfólio de Serviços e Conectividade da Scania no Brasil. “Ou seja, estamos iniciando uma evolução nunca vista com o total apoio da nossa competente rede de concessionárias, que estará ao lado do cliente promovendo uma transição perfeita e sedimentada para o novo mercado Euro 6, e rumo à mobilidade mais sustentável.”

A conectividade permanece com o centro de tudo para tornar o ônibus ainda mais eficiente. A sua combinação com um plano de manutenção personalizado propicia uma economia operacional de até 25% nos custos de reparos e de 15% com combustível. Por meio dela, um dos maiores sucessos da Nova Geração de caminhões, passa a integrar o portfólio de serviços para os ônibus rodoviários: o Programa de Manutenção Scania (PMS) com Planos Flexíveis. Revolucionando o mercado de caminhões desde 2017, a modalidade é sinônimo de redução significativa de custos na operação. Além de trazer aos operadores mais assertividade e previsibilidade da manutenção com a redução do tempo de parada na oficina. “O programa flexível permite uma economia no custo de reparos de cada unidade da frota, uma vez que as paradas passam a ser programadas de acordo com a real necessidade do veículo. Portanto, será o próprio ônibus quem vai avisar quando precisará parar para a manutenção. A ida até a oficina da Casa Scania passará a ocorrer no momento correto, e o cliente terá a equipe já preparada com as ferramentas e sabendo o diagnóstico para devolver o ônibus o mais rápido possível para o trabalho.”

“Cada veículo tem características próprias baseadas na sua dinâmica de operação, definidas a partir da média de velocidade, consumo de combustível, entre outros fatores. Por meio do nosso moderno portal de conectividade, estamos levando mais eficiência a esses veículos para que possamos acompanhar os dados gerados em tempo real da viagem e de forma precisa”, explica Barucco. “Dessa forma, transformamos essas informações em pura rentabilidade para a operação.”

A revolução dos planos flexíveis estreia nos ônibus rodoviários Scania

O cliente de ônibus passará a usufruir do mais amplo pacote de Serviços da história da Scania, o PMS Premium Flexível Uptime. Os operadores terão acesso a um sistema ainda mais completo de manutenções preventivas e corretivas, com o objetivo de garantir a máxima disponibilidade e performance dos veículos. “E, tudo isso, com uma redução impressionante de até 25% nos custos de reparos. Uma ótima notícia em uma realidade de mercado afetada profundamente pela pandemia da Covid-19. Ao fazer as contas de tudo o que a Nova Geração de ônibus passará a oferecer, o cliente certamente vai reconhecer a Scania como a melhor opção de compra”, salienta o gerente.

São inúmeras as vantagens do sistema flexível. O pagamento vai estar atrelado à quilometragem rodada pelos veículos. Ou seja, o cliente pagará apenas pelo quanto rodar. Por exemplo, se o ônibus ficar parado durante todo o mês, o custo de manutenção será zero.

A manutenção passa a ser contabilizada pelo consumo de combustível por meio de faixas de economia determinadas, tornando a cobrança mais dinâmica conforme a operação de cada cliente. Em virtude disso, os veículos que consumirem menos diesel entram em uma faixa de menor demanda de manutenção preventiva, e de tarifas reduzidas por quilômetro rodado. “Nesse sentido, a redução no consumo de combustível de 8% nos rodoviários, proporcionado pelo novo motor Euro 6 e pela atualização da caixa de marchas automatizada Opticruise, vai tornar a operação a mais rentável que um cliente Scania já teve”, conta Barucco.

Foto: Divulgação/Scania

De acordo com o gerente, o objetivo é que os ônibus recebam os serviços de manutenção necessários, nem mais e nem menos. “Quanto mais econômico for o veículo, menor será o custo com as paradas. Dessa forma, a boa performance e a condução do motorista passam a fazer ainda mais diferença no dia a dia. Além dos benefícios econômicos que os planos flexíveis apresentam, o aumento de disponibilidade da frota é notável, pois há um aumento no intervalo entre as paradas para os ônibus que forem conduzidos por motoristas bem treinados e com boa performance. O ganho em disponibilidade pode superar 80%, se comparado à atual geração de ônibus.”

O Programa de Manutenção Scania Standard Flexível oferece versatilidade na assinatura, que pode acontecer por tempo indeterminado e com o custo da manutenção já definido para toda a vida útil do veículo. No amplo pacote de serviços, os programas de manutenção periódicos continuam no portfólio.

Os clientes do segmento rodoviário que optarem pelo PMS Premium Flexível Uptime também passam a contar com os serviços da Control Tower, sistema Scania que permite uma gestão ativa da eficiência do fluxo das oficinas e dos processos de manutenção da rede de Casas Scania, com o intuito de que os veículos retornem à operação o mais rápido possível. “Os operadores poderão ter uma redução expressiva de até 30% no tempo de parada. Portanto, mais dinheiro no bolso do cliente com o produto voltando a rodar mais rápido”, explica o gerente. “Criamos um mapeamento das Casas Scania em todo o país e, por meio de uma cerca virtual, conseguimos identificar quando um cliente entra para realizar uma manutenção preventiva ou corretiva. Assim, nossa equipe técnica já é notificada para iniciar o monitoramento em tempo real e preparar os processos de modo mais ágil”.

Por isso, a Control Tower se torna essencial para manter um transporte de passageiros rentável. Estão garantidos redução de custo e aumento de receita.

A inovação do Scania Zone

Realidade de sucesso na Europa desde 2019, o Scania Zone chega aos operadores de ônibus brasileiros em virtude da nova plataforma eletrônica dos chassis da Nova Geração de ônibus permitida pela tecnologia Euro 6. Nos caminhões, o serviço já está disponível. Com a ferramenta virtual, que tem um custo competitivo, a performance e condução dos motoristas poderão ser monitoradas de forma mais eficiente por meio do sistema de gerenciamento de frotas da Scania, que oferece mais inteligência e tecnologia para o acompanhamento da produtividade e rentabilidade dos veículos.

Por meio do sistema, será possível acompanhar a média de velocidade, freadas bruscas, posicionamento da frota, marcha lenta, diagnóstico remoto, consumo de combustível, entre outros dados extraídos em tempo real. O grande diferencial está na possibilidade dos operadores controlarem a média de velocidade em trechos críticos ou que necessitem de um acompanhamento mais próximo do gestor de frota.

O próprio cliente conseguirá definir, a qualquer momento, o limite de velocidade em trechos críticos mapeados por cercas virtuais dentro do sistema. Em um processo bem fácil e intuitivo, é possível escolher a parte do trajeto que terá limitação com um simples “arrastar” do mouse do computador, como se estivesse selecionado literalmente um ponto até o outro no mapa virtual. É possível escolher um nome para a geocerca (por exemplo ‘Via Dutra’) e criar quantas forem necessárias no dia, colocar uma geocerca dentro da outra, definir qual ônibus ou até a frota inteira, o limite de velocidade, o horário início e fim (ou o dia inteiro), os dias da semana (ou a semana inteira). A programação se inicia automaticamente ao clicar em “salvar” no portal.

Duas situações de necessidades que podem exemplificar as funções. Um veículo urbano da frota passa todo dia próximo a uma escola e, por segurança, o cliente decide limitar a velocidade ao passar em frente ao colégio. Ou o caso de um modelo rodoviário que transita às segundas, quartas e sextas, entre 8h e 9h da manhã, por uma rodovia dotada de algumas rotatórias no km 34 ao km 36, e para evitar riscos de um tombamento por altas velocidades, é criada a delimitação da velocidade máxima no trecho.

O Scania Zone pode ser ativado por duas opções. A primeira, definida como informativo, gera um aviso no painel ao motorista, e a segunda, chamada ajuste automático, entra em vigor imediatamente sem qualquer tipo de interferência do condutor.

“Ao entrar no perímetro definido, o veículo avisa ao motorista sobre o limite a ser seguido naquele trecho e aciona um mecanismo de ‘trava’ de aceleração”, explica Barucco. “Mas, se ainda assim, o condutor optar por ultrapassar a marca definida no sistema, por um motivo fútil, o Scania Zone envia um alerta para o cliente sobre o descumprimento da ordem programada. Em caso de emergência e necessidade de aumentar a velocidade por segurança, o motorista usa o kick down, ou seja, pisa até o fim no pedal do acelerador e depois pisa mais uma vez para efetivar o destravamento. Bastará a ele explicar ao gestor de frota o motivo da ação”.

Programas de Manutenção Scania (PMS)

O PMS é dividido em duas categorias. O Premium (o produto mais completo do portfólio, que contempla manutenções preventivas, corretivas do trem de força e também todas as manutenções corretivas decorrentes de desgaste natural), e o PMS Standard (revisões previstas e trocas de óleo, filtros em geral e lubrificações específicas). O PMS Standard também oferece opção de pagamento por meio de parcela fixa mensal. Tem direito ao Scania Assistance (atendimento emergencial 24 horas) e checklist de mais de 70 itens, quem optar pelo Premium.

Conectividade

Os Serviços Conectados Scania dispõem de três opções ao cliente. O pacote Análise, que é gratuito por 10 anos, oferece relatórios semanais e mensais. Já o Desempenho, que oferece um custo muito competitivo no mercado, permite acompanhamento em tempo real tanto do veículo como da forma de condução, individualmente, e garante um retorno imediato do investimento. Por meio dos Serviços Conectados, os dados são enviados por um módulo (Communicator), instalado de fábrica nos modelos desde 2016. O pacote Avaliação do Motorista sendo parte do pacote Desempenho por um custo ainda mais competitivo é uma ferramenta essencial focada no acompanhamento e gestão dos hábitos de condução.

Os Serviços Conectados são uma maneira inteligente de fazer a gestão da frota e controlar os custos operacionais. Os dados são disponibilizados online para a Scania e sua rede. Trata-se de um trabalho de apoio para quem usa veículos Scania, para reduzir gastos, aumentar o tempo do veículo rodando e tornar o serviço mais rentável.

Scania FIT

Os Serviços Conectados também oferecem uma ferramenta revolucionária, que opera sob o conceito de inteligência de frotas. Por meio do Scania FIT (na tradução do inglês Ferramenta de Inteligência de Frotas), o cliente usa a conectividade para mensurar o potencial de economia dos ônibus, além de avaliar a situação atual de cada um e as ações que devem ser tomadas para melhorar o consumo de combustível. O FIT funciona com base nos dados operacionais de milhares de veículos conectados da marca. Ele mede o desempenho da frota e o compara a dados de operações similares, para avaliar o estilo de condução. São analisados cinco parâmetros: marcha lenta, inércia, condução em trecho de serra, antecipação e freadas bruscas.

Toda essa análise resulta em uma avaliação geral da frota, classificando a eficiência de A a E. De posse desses dados, e dos fatores operacionais, a Scania consegue estimar o potencial máximo de redução de consumo de combustível. Além disso, é permissível indicar a diminuição das emissões de CO2 num menor impacto ambiental.

Driver Services

A boa performance e a direção do motorista fazem a diferença no custo total da operação. Para auxiliar o cliente a manter seus condutores operando da forma mais econômica, segura e rentável e fazendo uso da tecnologia do veículo, a Scania oferece os serviços aos motoristas. Dados provenientes dos 56 mil veículos Scania conectados no Brasil indicam um potencial real de redução média de 6% no consumo de combustível. Isso representa 110 milhões de litros de diesel por ano, que poderiam ser efetivamente economizados. Contudo, com análises de performance de motoristas, do banco de dados da Scania, que foram evoluindo conforme os treinamentos foram realizados, alguns chegaram a até 14% de economia de diesel. Além disso, custos adicionais com a manutenção, falhas operacionais e até acidentes podem ser evitados. A Scania por meio de instrutores Master Drivers, em toda a rede, promove serviços aos motoristas em diferentes formatos. As opções incluem aulas teóricas e práticas e até métodos de coaching, que são empregados na construção de hábitos de condução econômica.

Projeções para o segundo semestre

A empresa tem a expectativa de que 2022 seja o melhor ano de serviços da sua história no Brasil – e que atingirá os resultados esperados – dentre os quais está o acréscimo de 20% no portfólio (carteira de planos ativos) e recorde nas vendas do Programa de Manutenção Scania (PMS). Além de alta de 20% nos veículos conectados (chegando a 65 mil, entre caminhões e ônibus). Atualmente, a marca possui cerca de 2 mil ônibus conectados.

Deixe seu comentário