Doria quer plano de emergência para liberar a Marginal Tietê

O governador de São Paulo, João Doria, foi pessoalmente até o local onde houve um desmoronamento na Marginal Tietê que afetou não só o trânsito, mas, inundou o túnel da Linha 6-Laranja de metrô.

Doria se reuniu com engenheiros da Acciona, concessionária responsável pela obra e pediu a elaboração de um plano emergencial para o trecho que desabou na Marginal Tietê nesta terça-feira, dia 1° de fevereiro de 2022.

A determinação número um, segundo o próprio governador, é liberar o trânsito na via.

“Vim pessoalmente ao local para dar apoio aos funcionários da obra e moradores dos arredores que presenciaram o acidente. Felizmente, não houve feridos”, afirmou Doria.

Doria quer ainda, rapidez na apuração das causas do acidente e que a Acciona apresente soluções de engenharia para retomar o trecho da Linha 6-Laranja no menor prazo possível.