Prefeitura de São Paulo e empresas de ônibus criam Grupo de Trabalho contra coronavírus

169
Interior Ônibus elétrico Coronavírus
Foto: Leon Rodrigues/Secretaria de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes e da SPTrans, determinou a criação de um Grupo de Trabalho permanente com todas as empresas de ônibus da cidade de São Paulo para discutir ações e tomar medidas de prevenção contra o coronavírus no transporte público.

A Organização Mundial da Saúde declarou como pandemia a circulação do novo vírus causador da Covid-19. A transmissão já ocorre regionalmente no Brasil, e é necessário adotar medidas para conter a disseminação da doença.

Dessa forma, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes recomendou que:

  • Nos banheiros dos terminais de ônibus, a limpeza seja feita com maior frequência;
  • Reforço nas mensagens sonoras de prevenção emitidas nos 31 terminais de ônibus da cidade;
  • Jornal do Ônibus com informativo sobre dicas de prevenção ao coronavírus;
Jornal do Ônibus SPTrans
Imagem: Divulgação/SPTrans
  • Reforço na limpeza e higienização dos ônibus, em especial nos pontos de contato com as mãos dos passageiros, como balaústres e pega-mão;
  • Orientação para que motoristas de ônibus, cobradores e demais funcionários de operadoras de ônibus reforcem seus cuidados pessoais, lavando sempre as mãos a cada viagem realizada;
  • Idosos que são considerados grupos de risco, se puderem, devem evitar usar transporte público no horário de pico, quando há maior aglomeração de pessoas.

Motoristas de táxi e aplicativos

  • Lavar as mãos com frequência;
  • Higienizar o interior dos carros, e também as maçanetas internas e externas, periodicamente ao longo do dia;
  • É recomendável andar com as janelas abertas para ventilação.

Orientações gerais de cuidados pessoais

  • Quando tossir ou espirrar, não cubrir com a mão. Usar a parte interna do braço;
  • Utilizar lenços descartáveis e jogá-los no lixo após o uso;
  • Lavar as mãos frequentemente e de maneira completa com água e sabão;
  • Utilizar álcool em gel na impossibilidade de lavar as mãos sempre que tiver contato com superfícies de uso comum;
  • Evitar tocar com as mãos os olhos, nariz e boca;
  • Evitar aglomerações ou locais pouco arejados;
  • Evitar contatos próximos desnecessários, como o tradicional aperto de mãos;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Substituir reuniões por conferências eletrônicas sempre que possível;
  • Manter o ambiente de trabalho limpo e desinfetar itens de uso compartilhado.

A Prefeitura de São Paulo informou que está trabalhando em diversas frentes para proteger todos os cidadãos que moram ou circulam em São Paulo e pede a colaboração de todos. Para mais orientações sobre como agir para conter o novo coronavírus, acesse a seção de Perguntas e Respostas sobre o coronavírus.

Deixe seu comentário