Investigação sobre responsabilidade pela queda da passarela na Marginal Tietê é aberta

22
Passarela desabada
Foto: Lucas Herrero

A Prefeitura de São Paulo abriu nesta segunda-feira, dia 18 de novembro, uma investigação preliminar sobre responsabilidade pela queda da passarela na Marginal Tietê.

A estrutura provisória dava apoio à obras da ponte Pirituba-Lapa, executadas pelo consórcio formado pelas empresas EIT (Empresa Industrial Técnica) e Constran (Construções e Comércio).

Paralelamente à apuração municipal, a perícia analisa as causas do acidente, que ocorreu na quinta-feira, dia 14 de novembro, no início da noite e travou o trânsito na cidade, na véspera do feriado prolongado da Proclamação da República.

Passarela que desabou
Foto: Lucas Herrero

Deixe seu comentário