Linha 2-Verde terá operação especial para instalação de portas de plataforma na Estação Vila Madalena

De 6 a 28 de julho, passageiros das estações Sumaré e Vila Madalena precisão trocar de trem na Estação Clínicas

102
Linha 2-Verde do Metrô
Foto: Metrô de São Paulo
Publicidade

Para a continuidade da instalação das portas de plataforma na estação Vila Madalena, da Linha 2-Verde, o Metrô irá implantar uma operação diferenciada entre os dias 6 e 28 de julho.

Nesse período, os passageiros que embarcam e desembarcam nas estações Vila Madalena e Sumaré precisarão trocar de trem na estação Clínicas para prosseguir viagem em ambos os sentidos. O intervalo entre viagens nas estações Vila Madalena e Sumaré será maior, de 8 minutos.

A transferência de trens é necessária pois uma das plataformas da estação Vila Madalena ficará interditada para a implantação das portas automáticas, equipamentos que aumentam a segurança dos passageiros e do sistema metroviário.

Entre as estações Clínicas e Vila Prudente, a operação será normal.

O Metrô escolheu o período de férias escolares para a realização dos serviços justamente para interferir o mínimo possível no cotidiano dos passageiros. A população impactada será de, no máximo, 38 mil passageiros por dia, o que significa menos de 1% da demanda diária total do Metrô de São Paulo.

A instalação de portas de plataforma nas estações permitirá a redução do número de interferências nas linhas de Metrô, aumentando a regularidade da circulação dos trens e, principalmente, a segurança dos passageiros.

A melhoria na estação Vila Madalena faz parte do contrato do sistema de sinalização CBTC, cuja implantação está praticamente concluída na linha 2-Verde.

As próximas estações que vão receber os equipamentos de segurança neste contrato são: Tucuruvi e Jabaquara, na Linha 1-Azul, com previsão para 2020; e Corinthians-Itaquera e Palmeiras-Barra Funda, na Linha 3-Vermelha, previstas para o primeiro semestre de 2021.

Em junho, o Metrô assinou outro contrato para a instalação de portas de plataforma em outras 36 estações das linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha. O investimento é de R$ 342 milhões e o prazo de execução de 56 meses.

As estações Sacomã, Tamanduateí e Vila Prudente, na Linha 2-Verde; Vila Matilde, na Linha 3-Vermelha; Adolfo Pinheiro, na Linha 5-Lilás; e todas as estações das linhas 4-Amarela e 15-Prata já contam com o sistema de segurança.

Deixe seu comentário

comentários

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here