Companhia Paulista de Trens Metropolitanos completa 27 anos

46
Companhia Paulista de Trens Metropolitanos
Foto: Divulgação/CPTM
Publicidade

Fundada em 28 de maio de 1992 após mudanças na Constituição de 1988, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) herdou as linhas que eram administradas pela Fepasa, de origem estadual, e pela CBTU, proveniente do Governo Federal.

Neste período, a CPTM mais que triplicou o número de passageiros transportados por dia, saltando de 894 mil para 3 milhões de pessoas, o equivalente à população da cidade de Salvador.

Hoje, é a maior operadora de transporte de passageiros ferroviários da América do Sul, com sete linhas (7-Rubi, 8-Diamante, 9-Esmeralda, 10-Turquesa, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade) que atendem 23 municípios, incluindo a capital paulista.

Os trens percorrem diariamente 80 mil quilômetros, o equivalente a duas voltas entorno da terra. São 2.850 viagens realizadas ao longo dos 273 quilômetros de extensão das vias da CPTM.

Para aprimorar o serviço prestado à população, a CPTM tem investido na modernização de trens e estações. Com a melhoria da infraestrutura, os intervalos entre as composições nos horários de pico passaram de 20 minutos em algumas linhas, na década de 2000, para 4 minutos, nas linhas 9-Esmeralda e 11-Coral, atualmente.

Desde 2007, a Companhia adquiriu 170 trens novos. Com isso, 95% da frota está equipada com ar-condicionado. Além disso, desde os anos 2000, 13 estações foram construídas e outras 35 reconstruídas, reformadas ou adaptadas.

No ano passado, a Companhia inaugurou a primeira linha construída pela empresa, a 13-Jade, que liga a capital paulista à região do Aeroporto de Guarulhos.

Deixe seu comentário

comentários

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here