Tire suas dúvidas sobre os novos valores das passagens da SPTrans, do Metrô e da CPTM

Perguntas e respostas sobre os novos valores das passagens de ônibus municipais da SPTrans e dos trens do Metrô e da CPTM

9642
passagens transporte frota de ônibus sptrans ônibus novos qualidade do transporte ônibus municipais
Foto: Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes

Diferentemente de anos anteriores, neste ano o reajuste da passagem de ônibus municipais da SPTrans e dos trens do Metrô e da CPTM serão feitas em datas diferentes. A passagem dos ônibus da SPTrans sobe a partir do dia 7 de janeiro para R$ 4,30 e as passagens do Metrô e da CPTM sobem a partir do dia 13 de janeiro também para R$ 4,30.

Com essas datas diferentes do reajuste para os modais, muitos passageiros ficam com dúvidas como: Qual o valor do reajuste das passagens? A partir de qual data os novos valores passarão a ser cobrados? Até quando eu posso carregar o meu Bilhete Único para garantir o valor da tarifa antiga? Qual o novo valor da integração? Quais os novos valores dos bilhetes mensais e diários? Entre outras questões.

Eu reuni abaixo as perguntas mais frequentes sobre o reajuste:

Qual foi o valor do reajuste das passagens comuns? E quando serão cobrados?

A passagem de ônibus municipais da SPTrans sobe para R$ 4,30 a partir do dia 7 de janeiro. Já as passagens dos trens do Metrô e da CPTM subirão para R$ 4,30 somente a partir do dia 13 de janeiro.

Sou estudante? Quanto vou pagar nas passagens comuns?

Para o estudante que paga meia tarifa nos ônibus da SPTrans, o valor sobe para R$ 2,15 a partir de 7 de janeiro, já para o estudante que paga meia tarifa nos trens do Metrô e da CPTM, o valor sobe para R$ 2,15 a partir do dia 13 de janeiro.

E os bilhetes temporais comuns? Quais serão os novos valores?

A partir do dia 7 de janeiro, o valor do Bilhete Único Mensal (sem integração) sobe para R$ 208,90 e o valor do Bilhete Único Diário (sem integração) sobe para R$ 16,40.

E quais serão os novos valores da integração entre os ônibus municipais da SPTrans e os trens do Metrô e da CPTM?

Entre os dias 7 e 12 de janeiro, o valor da integração do Bilhete Único Comum sobe para R$ 7,21, o valor do Bilhete Único Mensal (com integração) sobe para R$ 318,00 e o valor do Bilhete Único Diário (com integração) sobe para R$ 21,20.

Já a partir do dia 13 de janeiro, o valor da integração do Bilhete Único Comum sobe para R$ 7,48, o valor do Bilhete Único Mensal (com integração) sobe para R$ 323,80 e o valor do Bilhete Único Diário (com integração) sobe para R$ 21,60.

Eu tenho o Cartão BOM, o valor vai subir também?

Sim. O valor da passagem comum do Cartão BOM sobe para R$ 4,30 a partir do dia 13 de janeiro.

Até quando eu posso carregar o meu Bilhete Único para garantir o valor das passagens antigas?

Se você utiliza os ônibus municipais da SPTrans, pode carregar o seu Bilhete Único até às 23h59 do dia 6 de janeiro, para viajar com o valor da passagem antiga de R$ 4,00, enquanto os créditos não se esgotarem. Para a integração com os trens do Metrô e da CPTM, o valor será de R$ 6,96.

Já para quem utiliza os trens do Metrô e da CPTM, pode carregar o Bilhete Único até às 23h59 do dia 12 de janeiro, para viajar com o valor da passagem antiga de R$ 4,00, enquanto os créditos não se esgotarem. Para a integração com os ônibus municipais da SPTrans, o valor será de R$ 7,21.

Lembrando que quem fizer a recarga do Bilhete Único a partir do dia 13 de janeiro, será cobrado R$ 4,30 para embarcar nos ônibus municipais da SPTrans e nos trens do Metrô e da CPTM, enquanto o valor da integração será de R$ 7,48. Então é melhor correr para carregar antes que os novos valores entrem em vigor.

Onde eu consigo comprar créditos para o meu Bilhete Único?

Existem diversas opções de locais para você comprar créditos para o seu Bilhete Único: Loja Virtual da SPTrans, Postos de Venda e Atendimento e Pontos de Venda de Créditos.

Uma outra alternativa para comprar créditos para o Bilhete Único são os aplicativos homologados pela SPTrans.

Esses reajustes das passagens estão dentro da inflação desde o último reajuste?

Não estão. O aumento de 7,5% fica acima da inflação acumulada desde a data do último reajuste, em janeiro de 2018, quando a passagem subiu de R$ 3,80 para R$ 4,00.

Em comparação, a prévia do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo para 2018 ficou em 3,86%. Se fosse aplicada, significaria uma passagem próxima do valor de R$ 4,15.

E as passagens dos ônibus da EMTU? Também vão subir?

Nesta quinta-feira, dia 3 de janeiro, o Diário do Transporte procurou a Secretaria dos Transportes Metropolitanos para saber quando as passagens dos ônibus da EMTU vão sofrer reajuste. A secretaria apenas respondeu que ainda não há definição.

Mobilidade Sampa

Quer ficar informado sobre tudo o que acontece na mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana?

Então curta nossa página no Facebook.

Siga o @mobilidadesampa no Twitter.

Use a hashtag #mobilidadesampa no Instagram.

Fique tranquilo. Não enviamos spam, a sua privacidade será respeitada e você poderá sair facilmente quando desejar.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here