Escadas rolantes da Linha 4-Amarela estão armazenadas a céu aberto no Pátio Itaquera do Metrô

313
Escadas rolantes compradas para as estações da Linha 4-Amarela estão em área a céu aberto (Foto: TV Globo/Reprodução)

O Metrô de São Paulo armazena a céu aberto no Pátio Itaquera, 58 escadas rolantes que já deveriam estar operando nas estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire e São Paulo-Morumbi da Linha 4-Amarela, que estão com as obras atrasadas, a denúncia foi feita pelo telejornal SPTV da TV Globo, algumas lonas de proteção estão rasgadas.

O Metrô diz que as 58 escadas rolantes chegaram no mês de dezembro de 2016 e afirmou que todas elas serão instaladas até 2018. A reportagem mostrou que algumas partes estavam guardadas dentro de um galpão, os equipamentos foram fabricados pelo consórcio das empresas Alstom e Thiessem Kroupp.

O contrato para a compra das escadas rolantes foi assinado em 2012, foram pagos R$ 34 milhões dos R$ 132 milhões previstos. Em dezembro de 2015, o consórcio alertou o Metrô que “com o não uso do equipamento há probabilidade de desgaste natural”. O Metrô afirma que há garantia do fabricante, mas o estado de conservação preocupa.

As escadas rolantes foram fabricadas na Espanha e possuem medidas específicas que foram estabelecidas no projeto de construção civil das estações que não ficaram prontas.

Deixe seu comentário