Entenda os sinais sonoros que seu veículo emite para evitar problemas mecânicos

302
Foto: Potencial Petróleo

Identifique os sinais sonoros que seu veículo emite para evitar problemas mecânicos e acidentes:

– Ronco grave saindo do escapamento em acelerações: ele indica que a peça está solta ou rachada, o que eleva o consumo de combustível.

– Batidas secas na direção durante a rodagem ou volante trepidando: indicam que há folgas na caixa e nos braços da direção. A falha pode comprometer o controle do carro em situações que exijam manobras mais fortes.

– Estalos que parecem vir das rodas: podem ser sintomas de vários problemas: amortecedor ruim, bucha estourada ou folga em peças da suspensão. Roncos nas trocas de marcha costumam indicar coxim quebrado.

– Batidas e estalos secos vindo de dentro do capô: dão a impressão que há uma máquina de costura no lugar do motor. É falta de lubrificação nas peças, que pode ser causada por vazamento de óleo ou pela borra que entupiu o sistema.

– Roncos graves ao girar o volante: não são obra de uma assombração que resolveu morar no seu veículo. É mais provável que esteja faltando o fluido usado no sistema de direção hidráulica. A falha pode ser um vazamento ou um defeito na bomba ou na coluna. Requer uma verificação cuidadosa.

– Se você ouve um chiado estridente toda vez que liga o motor, atenção: seu carro está ‘gritando’ como um gato acuado para mostrar que há desgaste nos rolamentos ou na correia dentada. Se essa peça se romper, os danos ao motor custarão muito caro.

– Assobio agudo: ou som de metal batendo ou raspando toda vez que você pisa no pedal do freio podem ser sinal de perigo. As pastilhas estão gastas e o sistema pode falhar. Se o ruído aumentar, pior: você está destruindo os discos. Mas há exceções: em alguns casos, o leve barulho é característica do produto.

– Ouvindo sons de turbina de avião? Ou você está transitando próximo de um aeroporto, ou seu carro está com problemas nos rolamentos. Pneus desgastados e carentes de alinhamento e balanceamento também geram ruídos.

– Mesmo parado: o carro pode apresentar ruídos que indicam defeitos a serem reparados. Barulhos desencontrados e estalos sob o capô podem ser causados por um desgaste dos rolamentos do motor ou da embreagem.

Foto: Reprodução/Agora São Paulo
Foto: Reprodução/Agora São Paulo

Deixe seu comentário