Pista sentido Marginal Pinheiros da Avenida dos Bandeirantes é liberada

Trecho na altura do Viaduto Santo Amaro foi fechado após grave acidente. Pista sentido Imigrantes deve ser liberada na madrugada de segunda.

453
Foto: Douglas Pingituro/Brazil Photo Press/Folhapress

A pista sentido Marginal Pinheiros da Avenida dos Bandeirantes foi liberada às 19h54 deste domingo (14), de acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras. A pista sentido Rodovia dos Imigrantes da Avenida dos Bandeirantes deverá ser liberada na madrugada desta segunda-feira (15).

Os dois sentidos da Avenida dos Bandeirantes, na altura do Viaduto Santo Amaro, foram bloqueados na madrugada de sábado (13) após um acidente grave entre um caminhão bi trem e um caminhão-tanque carregado com gasolina. O Viaduto Santo Amaro não tem prazo para reabertura.

O escoramento com estruturas metálicas foi iniciado às 22h de sábado e concluído às 14h de domingo.

O escoramento foi feito no canteiro central entre as pistas da Avenida dos Bandeirantes. Em seguida foram instalados molotões como proteção e tapumes brancos.

A estrutura do viaduto foi lavada com hidrojato durante a madrugada para remover restos de concreto soltos por conta do incêndio.

A avenida é importante ligação entre a Marginal Pinheiros e o sistema Anchieta-Imigrantes, que leva o motorista para as praias do litoral Sul de São Paulo. Também possibilita o acesso para o Aeroporto de Congonhas e ao Corredor Norte-Sul. Além disso, é um dos principais caminhos para quem vem ou vai para o ABC.

Escoramento e limpeza

Desde a noite de sábado, a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras trabalha para fazer o escoramento da estrutura do viaduto, que foi abalado por causa do acidente e a explosão após a batida. Os engenheiros da Prefeitura também vão providenciar a limpeza do local.

É possível que a parte do meio do viaduto tenha que ser demolida, de acordo com a secretaria. A interdição do viaduto continuará até que um estudo decida o que será feito. Quanto aos danos no viaduto, o Departamento Jurídico do Município vai avaliar se cabe a cobrança ao motorista que causou o acidente.

Fonte: G1 São Paulo

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here