Geraldo Alckmin volta atrás e retira sigilo de documentos do transporte público

Passam a não ter mais validade as tabelas que foram publicadas barrando dados de boletins de ocorrência e do transporte metropolitano

184

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, voltou atrás e assinou um decreto que retira o sigilo prévio de todos os documentos estaduais. Com isso, passam a não ter mais validade as tabelas que foram publicadas barrando dados de boletins de ocorrência e do transporte metropolitano (Metrô, CPTM e EMTU).

Agora, o sigilo só poderá ser aplicado após a análise de casos concretos, segundo a Lei de Acesso à Informação.

A decisão saiu após o Tribunal de Contas do Estado cobrar explicações a respeito do sigilo de 50 anos imposto a dados de boletins de ocorrência.

Nessa quinta-feira, antes de recuar, Geraldo Alckmin havia dito que a medida preservava a segurança de vítimas e testemunhas.

* Com informações da Rádio Bandeirantes

Deixe seu comentário