São Paulo tem novembro mais chuvoso em 21 anos, diz CGE

A chuva acumulada neste mês de novembro é a maior em 21 anos, segundo informações divulgadas pelo Centro de Gerencimento de Emergências (CGE). Até as 7h deste domingo (29), o volume médio registrado em São Paulo alcançou 221,1 mm – 70,7% a mais que a média dos meses de novembro do CGE, que é de 129,5 mm.

O valor superou o ano de 2006, em que o total acumulado era de 217, 2 mm. Após a chuva forte que chegou à capital neste sábado, o tempo deve seguir nublado e com temperatura máxima de 26ºC neste domingo. À noite, pode chover forte em alguns pontos da cidade.

Próximos dias

A segunda-feira (30) terá queda de temperatura. A máxima não deve passar dos 20ºC, enquanto a mínima fica na casa dos 17ºC. Não deve chover forte, mas pode haver garoa em algumas regiões da cidade.

A temperatura continua mais amena na terça-feira (1º), com mínima de 17ºC e, a máxima, perto dos 21ºC. O céu deve ficar nublado com chuviscos na madrugada, manhã e à noite.A sensação términa deve ser de frio devido à ausência de sol e o vento que soprará do oceano.

Cantareira

Com as chuvas deste mês, o Sistema Cantareira completou 12 dias consecutivos de alta neste domingo e, faltando um dia para o fechamento do mês, já acumula o maior volume de chuvas desde 2009. Os dados são da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

O nível do sistema, que abastece 5,3 milhões de pessoas na Grande São Paulo, passou de 19,2% para 19,3%. O manancial recebeu 188,5 milímetros de chuva neste mês, 17,5% acima da média histórica para novembro.

O volume fica atrás apenas do verificado em 2009, quando a precipitação total no conjunto de represas, considerando os 30 dias do mês, foi de 237,6 milímetros.

Apesar da chuva, o reservatório segue utilizando o volume morto e não se recuperou da forte seca que o atingiu no ano passado.

Fonte: G1

Deixe um comentário