18.8 C
São Paulo
segunda-feira, maio 27, 2024

NEXT Mobilidade promete concluir BRT-ABC até 2025 e iniciar operações em 2026

A concessionária NEXT Mobilidade anunciou nesta terça-feira, 14 de maio de 2024, durante uma reunião com os prefeitos do Consórcio ABC, seu compromisso de finalizar as obras do BRT-ABC até dezembro de 2025, com previsão de início das operações em janeiro de 2026.

O BRT-ABC, que conectará São Bernardo do Campo, Santo André e São Caetano do Sul aos terminais Tamanduateí e Sacomã, onde haverá integração com a rede de trilhos, foi selecionado pela gestão do governador João Doria em 2021 como substituto do monotrilho da Linha 18-Bronze.

Previsto para ter um trecho operacional em 2023, o BRT-ABC sofreu atrasos devido à espera pela liberação de licenças ambientais, conforme alegou a concessionária NEXT Mobilidade.

De acordo com informações do Consórcio ABC, os técnicos da NEXT Mobilidade afirmaram que a capacidade inicial do sistema será de 173 mil passageiros transportados em 92 veículos articulados do tipo E-Trol, que combinam tecnologias de ônibus a bateria e trólebus.

Durante a reunião, os prefeitos pressionaram a NEXT Mobilidade para que os projetos das estações do BRT se conectem com outros modais de transporte, incluindo carros particulares para aqueles que desejam sair de casa com seus veículos, estacionar em uma estação e seguir para São Paulo.

Além disso, foi mencionada a determinação do Governo do Estado para que as linhas de ônibus intermunicipais comuns, que não trafegam em corredores, sejam alteradas na região, bem como possíveis ajustes nas linhas municipais das áreas atendidas.

Outro ponto discutido na reunião foi a revitalização do Corredor ABD, que opera desde os anos 1980, ligando São Mateus, na Zona Leste de São Paulo, a Jabaquara, na Zona Sul, passando por Santo André, Mauá, São Bernardo do Campo, Diadema e o Brooklin, na Zona Sul da capital.

Todas essas iniciativas, incluindo a operação de mais de 100 linhas intermunicipais do ABC, a revitalização do Corredor ABD e a construção e operação do BRT-ABC, fazem parte de um contrato abrangente, no valor de R$ 22,6 bilhões, válido até 2046.

Segundo os prefeitos presentes, a primeira fase do BRT-ABC, do Centro de São Bernardo do Campo até a Avenida Lauro Gomes, está praticamente concluída, com 90% de avanço. Já a segunda fase, que se inicia na Lauro Gomes, está em estágio inicial, com a previsão de mais três estações. Ao todo, o sistema contará com 20 estações e três terminais.

Os prefeitos afirmaram que ainda pretendem convocar o secretário de transportes metropolitanos, Marco Antônio Assalve, para discutir, além da implementação do BRT, outros projetos de mobilidade para a região do ABC, como a modernização e possível concessão à iniciativa privada da Linha 10-Turquesa da CPTM, a Linha 20-Rosa do Metrô (Santo André/região da Lapa – Zona Oeste de São Paulo) e a futura estação Pirelli da linha 10.

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Igor Roberto
    Igor Robertohttps://noticiando.net/
    Paulistano, empreendedor e pai. Formado em gestão pública e graduando em Direito. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana e o transporte público. É o redator de conteúdo dos sites de mobilidade do Grupo PLN. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@grupopln.com.br.

    ÚLTIMOS POSTS

    ESCREVA SEU COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    SIGA-NOS

    6,317SeguidoresSeguir
    28,236SeguidoresSeguir
    439InscritosInscrever
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS