19.5 C
São Paulo
domingo, maio 19, 2024

Maior tatuzão da América Latina inicia nova etapa de escavações na expansão da Linha 2-Verde do Metrô

O gigantesco Tatuzão, conhecido como “Cora Coralina”, deu início a uma nova fase na construção dos túneis para a expansão da Linha 2-Verde do Metrô nesta segunda-feira (13). A máquina retomou as escavações no Poço Coxim, visando alcançar a futura estação Anália Franco até o próximo mês de junho.

Durante este trajeto, o Tatuzão irá remover cerca de 45 mil m³ de terra e percorrer 411 metros a uma profundidade média de 30 metros, revestindo o túnel com anéis de concreto.

Desde o início de sua operação no canteiro da Rapadura, na região da Vila Formosa, a máquina já escavou 930 metros de túneis, atravessando a estação Vila Formosa e chegando ao Poço Intermediário Coxim, onde passou por ajustes antes de ser movida para a próxima parede, dando início a esta nova etapa.

A tuneladora possui uma capacidade impressionante de escavar e revestir até 15 metros por dia, graças à sua roda de corte com um diâmetro de 11,66 metros, a maior do tipo em operação na América Latina. Cerca de 150 pessoas trabalham diretamente em sua operação, distribuídas em três turnos diários, incluindo engenheiros, mecânicos, técnicos e eletricistas.

Com aproximadamente 100 metros de comprimento e um peso de 2,1 mil toneladas, o Tatuzão tem a missão de escavar e revestir com anéis de concreto uma extensão total de 7,5 km de túneis. Além da própria tuneladora, o projeto inclui o chamado “backup”, uma estrutura de apoio que conta com esteiras para remoção de terra, câmara hiperbárica, sistema de ventilação e estrutura para instalação das aduelas de concreto que revestem o túnel, entre outros componentes.

Ampliação da Linha 2-Verde

Com na ordem de R$ 13,4 bilhões, a ampliação da Linha 2-Verde ocorre entre a Vila Prudente e a Penha, para construir mais 8,4 km (sendo 8 km operacionais) de vias e oito novas estações, cruzando a Zona Leste de São Paulo. A meta é concluir a primeira etapa, de Vila Prudente a Vila Formosa, até 2026, enquanto o segundo trecho, de Vila Formosa a Penha, está previsto para 2027. Quando pronto, o novo trecho vai agilizar o trajeto dos moradores da região leste e facilitar a chegada às demais regiões de São Paulo, além de redistribuir a demanda de passageiros nas demais linhas de metrô e trem, trazendo mais conforto às pessoas.

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Igor Roberto
    Igor Robertohttps://noticiando.net/
    Paulistano, empreendedor e pai. Formado em gestão pública e graduando em Direito. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana e o transporte público. É o redator de conteúdo dos sites de mobilidade do Grupo PLN. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@grupopln.com.br.

    ÚLTIMOS POSTS

    ESCREVA SEU COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    SIGA-NOS

    6,317SeguidoresSeguir
    28,236SeguidoresSeguir
    439InscritosInscrever
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS