Caminhão-tanque atropela e mata funcionária da limpeza no Aeroporto de Congonhas

Um caminhão-tanque atropelou e matou uma funcionária da limpeza no Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo. O acidente foi registrado na tarde de quinta-feira, dia 13, por volta das 15h30.

A vítima estava no pátio, em uma área restrita, quando foi atingida pelo veículo de outra empresa terceirizada que presta serviços no abastecimento de aeronaves e carregava combustível.

Enisete Fátima Gabriel trabalhava há 21 anos para a Swissport, empresa prestadora de serviços aeroportuários. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que policiais civis foram acionados pelo  Centro de Operações de Emergência (COE) e, ao chegarem no local, viram que o motorista parou o caminhão e prestou socorro a vítima.

A vítima foi socorrida ao Hospital Saboya, onde passou por cirurgia, porém, ela acabou falecendo na sexta-feira, 14.

Os envolvimentos nesta ocorrência foram encaminhados ao distrito policial, onde prestaram depoimentos e foram liberados.

O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia de Atendimento ao Turista do Aeroporto de Congonhas (Deatur).

Nota da Swissport sobre o caso:

“É com grande pesar que confirmamos um acidente de trabalho fatal envolvendo um funcionário da Swissport e um veículo de terceiros no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, Brasil. Nossos pensamentos e condolências vão para a família e os entes queridos afetados por esse trágico incidente. Estamos cooperando totalmente com as autoridades locais em sua investigação e garantindo que todo o apoio necessário seja fornecido aos envolvidos. A segurança e o bem-estar de nossos funcionários continuam sendo nossa maior prioridade, e continuamos a tomar todas as medidas para evitar tais acidentes”.

Nota do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Prestadoras de Serviço Auxiliares de Transportes Aéreos (Sinteata):

“É com profunda consternação que tomamos conhecimento do falecimento da companheira Enisete de Fátima Gabriel, líder de limpeza no aeroporto de Congonhas, ocorrido nesta sexta-feira, 14 de julho de 2023. Neste momento de grande dor, manifestamos nossas mais sinceras condolências e nos colocamos à disposição dos familiares e amigos, nos unindo em oração para que sua passagem possa ser compreendida com a infinita bondade e misericórdia de Deus”.