Destinos na América são os mais procurados por brasileiros para viagens internacionais 

A retomada do turismo tem movimentado o mercado de viagens e trazido à tona as novas escolhas dos viajantes. Um levantamento realizado pela Maxmilhas – travel tech que oferece formas inteligentes para a pesquisa e compra de passagens aéreas promocionais, hotéis e pacotes de viagem – revelou que todos os destinos da América tiveram crescimento no volume de passageiros em relação ao ano passado. Estados Unidos, Chile e Argentina são os países mais procurados e, juntos, concentram 62% do número total de viajantes que escolheram a região.

A América teve crescimento exponencial de viagens, chegando a 94% de aumento em relação ao ano anterior, e, de 2022 para cá, todos os destinos do continente receberam mais visitantes. A média de estadia dos brasileiros é de 9 dias e 40% optaram por viajar sozinho, 38% em casal, 12% em grupo (sem crianças) e 10% com crianças.

Estados Unidos, Chile e Argentina, os destinos mais procurados na América, concentram outros dados relevantes sobre o comportamento dos passageiros: os Estados Unidos, principal destino do continente, também é a escolha de 70% dos adultos que viajam com crianças. Os diversos parques, resorts e hotéis temáticos do país atraem esse público historicamente.

Já Argentina e Chile são os países com menor procura para viagens com crianças, ambos 40% abaixo da média de quem viaja no continente americano com os pequenos. No entanto, esses são os destinos favoritos dos casais na América: 51% e 39% dos viajantes chegaram em dupla ao Chile e Argentina, respectivamente.

Além dos dados acerca dos três destinos mais procurados no continente americano, a pesquisa da Maxmilhas também destacou que o Canadá é o país com maior percentual de passageiros que viajam sozinhos, com 52%, e tem a maior média de estadia entre os países da América, com 31 dias no país. A explicação para o índice pode ser a alta procura de intercâmbio de curta duração e focada no estudo de idiomas.

Muito distante da média de 94% de crescimento no número de passageiros dos demais países, o México apresentou crescimento de apenas 29% e caiu duas posições no ranking dos destinos mais procurados. Um dos principais fatores para a queda foi a retomada da exigência de vistos no final do ano passado, que, segundo o governo do Brasil, será retirada em breve.

IMPORTANTE PLANEJAR

Para Juliana Abrantes, Gerente Comercial da Maxmilhas, planejar uma viagem internacional requer atenção redobrada: “Cada destino tem normas específicas para entrada e estadia. Providenciar os documentos necessários deve ser um processo feito com atenção e antecedência, já que a fila para emissão pode estar longa e demorada”, enfatiza. “Além de facilitar a organização, não deixar as passagens aéreas e a hospedagem para a última hora também é uma forma de encontrar opções mais econômicas. Dependendo do perfil do viajante, optar por um pacote personalizado pode ser uma maneira mais cômoda, segura e, muitas vezes, até mesmo mais em conta”.

Em relação à escolha do destino, Abrantes aconselha que os viajantes pesquisem sobre as opções turísticas dos países: “É muito importante conferir se os espaços para visitação estão abertos naquele período do ano e se organizar para comparecer no horário correto. Além disso, monitorar o momento atual do país também é importante para entender o nível de segurança e os melhores horários para passeios”, completa.

SOBRE A MAXMILHAS 

A Maxmilhas é uma plataforma pioneira de pesquisa, comparação e compra de passagens aéreas mais econômicas, que oferece combinações inteligentes de tarifas, entre elas, passagens emitidas com milhas de pessoas cadastradas no site. Em 2021, ainda na superação da pandemia da Covid-19, lançou novos produtos: pacotes exclusivos de viagens e reserva de hotéis no mundo todo com descontos. Criada em 2013, em Belo Horizonte (MG), revolucionou o mercado de viagens sendo o primeiro marketplace de passagens aéreas com milhas para o consumidor final e já realizou mais de 10 milhões de viagens. Ao longo de sua trajetória, a travel tech integrou o programa da Endeavor (2017), foi eleita Startup do Ano pelo Startup Awards (2017), entrou no ranking das revistas Época Negócios e PEGN das “100 Startups Brasileiras para Ficar de Olho” (2018), conquistou o Prêmio E-Commerce Brasil de Inovação (2018) e foi escolhida, em 2021, pela 5ª vez consecutiva, uma das melhores empresas para se trabalhar em Minas Gerais, seguindo no top 10 do ranking regional do GPTW. A empresa também integra o ranking nacional do GPTW de melhores empresas de Tecnologia para se trabalhar, além do ranking de Hotelaria e Turismo.