Campinas: Segunda faixa de pedestres em “X” para travessia na diagonal já está em operação

42
Foto: Divulgação/EMDEC

A segunda faixa de pedestres em “X”, utilizada para travessia do cruzamento na diagonal, já está em operação, em Campinas. A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) finalizou a nova sinalização, feita no cruzamento entre a Avenida Benjamin Constant e a Rua Barão de Jaguara, no Centro, no dia 24 de julho. A ação está dentro do mês em comemoração aos 248 anos de Campinas.

O local foi escolhido pela grande circulação de pedestres, por conta de diversos pontos atrativos na Praça Bento Quirino e no Largo do Carmo. Na Praça está o Mausoléu de Carlos Gomes, o prédio do Jockey Club Campineiro, a estátua de Bento Quirino, vários bares e ocorre a feira de artesanato. No Largo, continuação da Praça Bento Quirino, está a Basílica de Nossa Senhora do Carmo e o busto de César Bierrenbach.

Pelo lado histórico, a região é considerada o “marco zero” do município. No local foi celebrada a primeira missa de Campinas, de fundação do município, em 14 de julho de 1774, pelo frei Antônio de Pádua.

Além da nova faixa de pedestres em “X”, a região recebeu revitalização da sinalização viária no entorno, concluída na manhã desta segunda-feira, dia 25 de julho. O tempo de “vermelho” total para todos os veículos no cruzamento foi aumentado. A Emdec faz ações educativas no local.

Campinas
Foto: Divulgação/EMDEC

Primeira

A implantação da primeira faixa de pedestres para travessia na diagonal do município ocorreu no dia 1º de junho, no cruzamento entre as ruas General Osório e Barão de Jaguara, também no Centro. O projeto foi piloto; e privilegia o deslocamento ativo e o pedestre, que economiza tempo de travessia no cruzamento das vias.

Conceito

Com a faixa em “X”, caso queira efetuar a travessia na diagonal, em vez de efetuar o deslocamento em duas etapas distintas (uma via por vez) para atingir a esquina oposta, o pedestre realiza em uma única vez. Ele somente precisa seguir a mesma lógica que se aplica a qualquer outro cruzamento na cidade: andar sobre a faixa de pedestre, ou seja, sobre as listras brancas pintadas no pavimento. E respeitar o tempo semafórico de travessia.

Deixe seu comentário