Mulher é presa suspeita de esfaquear homens no Metrô de São Paulo

Uma mulher foi presa suspeita de esfaquear um passageiro na jugular na estação Consolação do Metrô de São Paulo. Segundo a polícia, no dia 30 de março, ela teria esfaqueado outro homem em uma rua em frente à estação.

O homem ferido dentro da estação Consolação segue internado, mas está fora de perigo.

Segundo o Metrô informou, a mulher estaria portando um estilete e, por volta das 22h50, feriu o passageiro. “Ele foi socorrido pelos agentes de segurança e levado para o hospital”. O caso foi registrado no 4º DP.

O delegado divisionário do Dope (Departamento de Operações Policiais Estratégicas), Artur Dian, disse que ao ser presa, a mulher inicialmente negou o ataque, posteriormente ela assumiu como autora dos crimes e disse que estava sendo vítima de assédio pelos homens agredidos. Após checar o histórico dos homens, foi constatado que são homens de bem e trabalhadores, e que não existe nenhuma relação entre as partes.

“Quando a ouvimos, primeiro, ela negou que tinha cometido o crime. Depois, confessou informalmente que tinha cometido os dois crimes”, contou o delegado. “Por fim, alegou que estava sendo assediada. Mas nós checamos os dois homens que ela feriu, são pessoas de bem, trabalhadoras e não possuem nenhuma conexão com ela”.

A mulher aguarda audiência de custódia e está à disposição da justiça.