Motoristas suspendem greve de ônibus em São Paulo

3525
Ônibus Sambaíba SPTrans
Foto: Moaccir Francisco Barboza

Motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo suspenderam a greve marcada para a tarde desta quarta-feira, dia 25 de maio de 2022.

Segundo o Sindmotoristas, entidade que representa os trabalhadores, “após a Justiça do Trabalho conceder liminar limitando as manifestações nos terminais de ônibus que ocorreriam na tarde desta quarta-feira (25), o SINDMOTORISTAS realizou uma reunião para debater e traçar estratégias que avancem os rumos da Campanha Salarial da categoria.”

A Justiça do Trabalho determinou frota mínima de 60% e multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento, atendendo ao pedido da SPTrans.

“A princípio, a justiça negou o pedido de Tutela Provisória de Urgência Antecipada, mas depois recorrerem à decisão e foi concedida uma liminar que previa multa diária no valor de R$ 50 mil”, explicou o presidente do sindicato, Valdevan Noventa.

Uma nova reunião deverá acontecer amanhã, dia 26, entre os empresários e o Poder Público para discutirem uma contraproposta a ser apresentada aos trabalhadores. “Vamos aguardar o resultado desse encontro. No entanto, seguimos em Estado de Greve. Não vamos ceder um único direito, uma única reivindicação. Os trabalhadores estão decididos, firmes e fortes junto ao sindicato”, completou.

Valdevan Noventa ainda informou que embora estejam pacientemente aguardando um retorno dos patrões, a categoria não descarta a realização de paralisações, mas que tudo será decidido em uma nova assembleia. “A qualquer momento convocaremos uma nova assembleia. Esperamos que até sexta tenhamos um posicionamento”, avisou.

Os profissionais não descartam paralisações, mas seguem em “Estado de Greve”.

Leia também

Mobilidade Sampa

Siga o Mobilidade Sampa no Twitter, Instagram, YouTube e Facebook e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana.

Deixe seu comentário