Lateral-esquerdo Pará finaliza segundo ciclo com a camisa do Santos

118

Um dos jogadores mais experientes do atual elenco do Santos, o lateral Pará finalizou o seu segundo ciclo com a camisa do Peixe. Com 292 partidas realizadas em seis temporadas, o jogador acertou a rescisão de contrato com a diretoria.

Com todo o plantel reunido, ele recebeu uma homenagem com uma placa e uma camisa especial. “Eu tenho um carinho muito grande pelo Santos FC. É um clube que me identifico bastante. Hoje estou saindo, pela porta da frente, mas sei que meu coração fica aqui”, disse ao site oficial.

Como jogador do Peixe, ele participou das campanhas vitoriosas na Libertadores de 2011, Copa do Brasil 2010 e do tricampeonato paulista (2010, 2011 e 2012). Bastante emocionado na sua despedida, o lateral recordou as conquistas e agradeceu todo o carinho recebido da torcida nos últimos anos.

“Tive muitos momentos marcantes aqui dentro, mas a final da Libertadores em 2011 foi inesquecível. Meu nome está cravado aqui no clube por causa desse título. Sou eternamente grato por isso”, declarou.

Em uma nota oficial, o Santos ainda parabenizou o jogador pela sua carreira vitoriosa e agradeceu todo o empenho e doação nos seus anos com a camisa do Peixe. O atleta deve anunciar o seu futuro no futebol nos próximos dias, já que a temporada de futebol no país está se encerrando.

A última grande atração da temporada 2021 será a decisão da Copa do Brasil entre o Atlético-MG, atual campeão brasileiro, e o Athletico-PR, que acabou de levantar a taça da Copa Sul-Americana. As duas partidas devem levar milhares de torcedores aos estádios, bem como as casas de apostas esportivas.

Com uma equipe de atendimento totalmente brasileira e uma oferta com jogos clássicos de cassino, a Apostaquente está chamando cada vez mais atenção do jogador nacional. Reforçando que esse segmento deve crescer mais nos próximos meses com o fim do processo regulatório, conforme reportagem do portal iGaming Brazil: Gustavo Guimarães, da SECAP, afirma que 2022 será “momento propício para regulamentação”.

Deixe seu comentário