Governo estadual anuncia reabertura da Ciclofaixa Rio Pinheiros

Com apoio da iniciativa privada e da Sabesp, via passou por processo de melhorias e modernização

45
Reabertura Ciclofaixa Rio Pinheiros
Foto: Divulgação/Alexandre Baldy/Twitter

O Governo do Estado de São Paulo anunciou nesta sexta-feira, dia 31 de julho de 2020, a reabertura, a partir de segunda-feira, dia 3 de agosto, da Ciclofaixa Rio Pinheiros, uma importante via usada tanto para deslocamento como para treinamento e lazer.

A área, de responsabilidade da CPTM, foi fechada no início do período de quarentena e passou por um processo de melhorias e modernização conduzido pela empresa Farah Service, atual gestora da ciclofaixa. Os trabalhos de revitalização tiveram apoio do Banco Santander e da Sabesp.

“Seguranças presenciais estarão na ciclovia durante todo o seu período de funcionamento, de segunda a domingo. Na estação Vila Olímpia da CPTM foi instalada uma estação especial de apoio aos ciclistas, com instalações de banheiro masculino, feminino e também um banheiro adaptado para pessoas com deficiência. Foram reformados também os 12 banheiros ao longo da ciclovia”, disse o governador João Doria.

Sob orientação do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria dos Transportes Metropolitanos, a CPTM buscou um parceiro privado para gerir a ciclofaixa e, no início do ano, fechou um acordo com prazo de 36 meses para que a Farah Service cuide do local, com investimento de R$ 6 milhões no período, sendo que R$ 2,2 milhões já foram investidos.

O repasse da gestão vai gerar uma economia de R$ 5,5 milhões para o Governo do Estado de São Paulo e a Farah Service pode comercializar cotas de investimento. O Banco Santander adquiriu a cota principal de parceria. Assim, foram feitas diversas melhorias, como novas sinalizações de pontos, placas de orientações, guaritas de alvenaria com banheiro e ar condicionado.

O asfalto mais danificado foi refeito e foram retiradas as lombadas para dar acessibilidade às bicicletas adaptadas – hand bikes. Também foram adquiridas seis cadeiras de rodas para auxiliar os ciclistas adaptados.

Mais de 50 toneladas de lixo foram retiradas e todos os 22 quilômetros de extensão da pista sob gestão tiveram a vegetação das margens cortadas, podadas e cuidadas. Entre as novidades estão também seis vending machines e vestiários com chuveiros.

Até o fim do ano, o banco também terá um espaço de convivência batizado de Espaço Santander, próximo ao acesso à ciclofaixa pela passarela do Parque do Povo. O local reunirá diversos equipamentos e serviços para melhorar ainda mais a experiência do usuário da ciclofaixa.

“Confiamos no potencial da iniciativa privada e no apoio da Sabesp para que os ciclistas que já usam a ciclofaixa tenham mais conforto pedalando às margens do rio. Queremos que a boa experiência deles atraia novos ciclistas também”, disse o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

A revitalização da ciclofaixa também teve suporte da Sabesp. A iniciativa reflete o compromisso da Companhia em promover medidas para recuperação do meio ambiente, visando à sustentabilidade urbana, e vai ao encontro das obras e ações do programa Novo Rio Pinheiros.

Ao participar deste projeto, a Sabesp terá mais um espaço para informar a população sobre o andamento das ações do programa que visa despoluir o rio até dezembro de 2022.

“Estamos muito felizes com a parceria do Santander e o resultado dos trabalhos realizados até agora, também com o apoio da Sabesp. Tivemos um feedback muito positivo de dezenas de ciclistas que puderam testar a ciclovia antes da abertura oficial”, afirmou o fundador e CEO da Farah Service, Michel Farah.

Interdição de trecho

Seguindo o plano de melhorias da ciclofaixa, parte do trecho na Marginal Pinheiros (leste) ficará interditada na região da Ponte Eusébio Matoso até o dia 14 de agosto.

Os ciclistas poderão acessar pela passarela da Cidade Universitária, ir até o Jaguaré e voltar ou acessar pelo Parque do Povo ou Vila Olímpia e ir até a Ponte Eusébio Matoso.

Leia também

Deixe seu comentário