Prefeitura de São Paulo apresenta estudo inédito para avaliar a situação do trânsito da cidade em época de isolamento social

239
Cidade de São Paulo Trânsito
Foto: Governo do Estado de São Paulo/CC BY 2.0

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Companhia de Engenharia de Tráfego, elaborou um estudo inédito, a partir da base de dados do Waze, com quem mantém parceria para compartilhamento de informações que ajudem na gestão da cidade e melhorem o bem-estar da população.

Aplicando à metodologia da Companhia de Engenharia de Tráfego no monitoramento do trânsito em 868 quilômetros das principais vias de São Paulo a base de dados da plataforma, foi possível aumentar a sensibilidade da Gestão Pública na percepção das mudanças no comportamento do trânsito nas ruas da cidade.

Diferentemente da Companhia de Engenharia de Tráfego, o Waze capta pequenos “atrasos” no tempo dos percursos de seus usuários. Enquanto a Companhia de Engenharia de Tráfego considera como lentidão a formação de filas, ou seja, congestionamento, o Waze considera como lentidão qualquer atraso em relação ao tempo de deslocamento traçado na origem da rota.

A aplicação da base de dados do aplicativo à metodologia da Companhia de Engenharia de Tráfego traz mais precisão e agilidade para entender se a população está ou não atendendo aos pedidos de isolamento social.

Na análise do estudo (planilha e gráfico abaixo) é possível enxergar pela “concentração de calor” os maiores índices de lentidão (os números dentro das células representam quilômetro de lentidão) na cor vermelha e os menores índices de lentidão na cor verde.

Na primeira coluna à esquerda estão os dias do mês e, na primeira linha, os horários do monitoramento do trânsito, que vai das 7h às 20h. O período compreendido no estudo realizado pela Companhia de Engenharia de Tráfego começa no dia 2 de março.

Isto é, data anterior às medidas de isolamento adotadas pela Prefeitura de São Paulo e pelo Governo do Estado de São Paulo. O decreto estadual 64.881, que estabeleceu a quarentena em todo o Estado de São Paulo, começou a vigorar no dia 24 de março.

Tabela CET Waze

Maior índice de lentidão registrado em toda a quarentena

Esta quarta-feira, dia 22 de abril, registrou os maiores índices de lentidão no período da manhã desde que teve início oficial a quarentena, de acordo com a base de dados de lentidão do Waze.

Às 8h, foram registrados 19 quilômetros de lentidão. O maior índice para o horário, até então, havia sido registrado na quinta-feira, dia 9 de abril, que antecedeu o feriado de Páscoa (10 quilômetros).

“Este estudo mostra que está acontecendo uma grande variação para cima no volume de carros na cidade de São Paulo. Atingimos hoje, com 19 quilômetros de lentidão às 8h, o maior número do pico da manhã de todo o período de quarentena. É muito importante que a parte da população que possa ficar em casa, fique. Não é momento de haver relaxamento”, ponderou o secretário municipal de Mobilidade e Transportes da cidade de São Paulo, Edson Caram.

Deixe seu comentário