Frotas do Metrô, CPTM e EMTU poderão ser reduzidas em até 35%

17
Metrô Linha 7-Rubi Réveillon Fuvest Domingo Intervalos Sistema Metropolitano Novo trem Linha 7 Novos trens
Foto: Divulgação/CPTM

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos informou nesta terça-feira, dia 24 de março de 2020, que a CPTM, o Metrô e a EMTU estão autorizados a reduzir em até 35% a frota de trens e ônibus e a operação nas estações.

De acordo com a pasta, o objetivo é de continuar reduzindo a aglomeração de pessoas nos trens, especialmente em horários de pico, para auxiliar no combate ao novo coronavírus.

Os afastamentos de funcionários chegaram a 41% e a média de redução de passageiros foi de 62%, sendo que somente nesta segunda-feira, dia 23 de março, a redução da demanda somente no Metrô foi de 74%, segundo apuração do Diário do Transporte.

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos informou também que para suprir as baixas de funcionários que estão afastados por estarem no grupo de risco ou com atestados (cumprindo as orientações do Ministério da Saúde), a CPTM convidou funcionários das áreas administrativas a se voluntariar para atuar nas estações. Cerca de 40 colaboradores já aderiram à ação.

Alguns guichês das bilheterias nas estações do Metrô e da CPTM não prestarão atendimento.

Segundo a pasta, as decisões têm o objetivo de preservar a saúde e a vida dos funcionários, organizando a escala, contribuindo com as medidas de precaução e recolhimento que o momento exige.

Novas medidas poderão ser tomadas ao longo dos próximos dias, atendendo às necessidades dos passageiros e do quadro efetivo das empresas, analisado diariamente.

Leia também

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here