Frota de ônibus na capital paulista será aumentada em 37 linhas e quatro terminais

Operação contará com aumento de 151 ônibus, a partir de terça-feira, dia 31 de março

30
Inocoop Campo Limpo Ônibus
Foto: Sidnei Santos

A SPTrans informou que aumentará em mais 151 veículos em operação no sistema a partir de terça-feira, dia 31 de março, para adequar a frota à demanda de passageiros.

Os veículos irão reforçar a frota de ônibus nos terminais Cachoeirinha, Santo Amaro, Grajaú e Jardim Ângela e em mais 37 linhas que atendem outras regiões da cidade. Os ônibus serão distribuídos da seguinte forma: 76 ônibus para os terminais e 75 ônibus para outras 37 linhas.

Os quatro terminais foram escolhidos por apresentarem demanda expressiva em algumas linhas na manhã desta segunda-feira, dia 30 de março.

O acréscimo destes veículos busca equilibrar a oferta do transporte público à demanda de passageiros em algumas linhas específicas, uma vez que o número de passageiros está em 23% enquanto a frota foi adequada para 40% de um dia útil.

Como funciona o reforço nos terminais?

Os veículos ficam na reserva e não estão atrelados à operação de uma linha específica, desta forma poderão atender quaisquer linhas de acordo com a demanda de passageiros apurada pela equipe de campo da SPTrans e pela central de monitoramento.

Estes ônibus ficarão estacionados nas proximidades dos terminais e poderão entrar em operação nas linhas que apresentarem excesso de passageiros.

O objetivo da medida é evitar aglomerações de passageiros nas filas dos terminais, pontos de ônibus e no interior dos coletivos. O reforço será feito nos picos da manhã e da tarde.

Linhas que receberão reforço de frota

Segue a relação de linhas que receberão reforço de frota a partir de 31 de março:

  • 4310/10 Estação de Transferência Itaquera – Terminal Parque Dom Pedro II
  • 4313/10 Terminal Cidade Tiradentes – Terminal Parque Dom Pedro II
  • 1783/10 Cachoeira – Metrô Santana
  • 1025/10 Jardim Carombé – Conexão Petrônio Portela
  • 9784/10 Jardim dos Francos – Metrô Barra Funda
  • 6840/10 Terminal Jardim Jacira – Terminal Capelinha
  • 875H/10 Terminal Lapa – Metrô Vila Mariana
  • 817C/10 Lapa – Hospital das Clínicas
  • 2013/10 Cohab Antártica – Cachoeirinha
  • 5175/10 Balneário São Francisco – Praça da Sé
  • 6913/10 Terminal Varginha – Terminal Bandeira
  • 179X/10 Jardim Fontális – Metrô Barra Funda
  • 5012/10 Vila Guacuri – Jabaquara
  • 5702/10 Refúgio Santa Terezinha – Metrô Jabaquara
  • 5701/10 Metrô Conceição – Shopping Morumbi
  • 5290/10 Divisa Diadema – Terminal Parque Dom Pedro II
  • 6000/10 Terminal Parelheiros – Terminal Santo Amaro
  • 5630/10 Terminal Grajaú – Metrô Brás
  • 6003/10 Terminal Grajaú – Terminal Varginha
  • 971X/10 Terminal Cachoeirinha – Metrô Santana
  • 273G/10 Jardim Helena – Metrô Artur Alvim
  • 695T/51 Terminal Capelinha – Metrô Vila Mariana
  • 1024/10 Jardim Carombé – Conexão Petrônio Portela
  • 8016/10 Jardim Rincão – Terminal Pirituba
  • 695X/10 Terminal Varginha – Metrô Jabaquara
  • 6960/10 Terminal Varginha – Terminal Santo Amaro
  • 6450/10 Terminal Capelinha – Terminal Bandeira
  • 6451/10 Terminal Capelinha – Terminal Bandeira
  • 737A/10 Terminal Jardim Ângela – Terminal Santo Amaro
  • 6505/10 Terminal Guarapiranga – Terminal Bandeira
  • 6072/10 Jardim São Nicolau – Terminal Varginha
  • 978T/10 Jardim Guarani – Metrô Barra Funda
  • 172X/10 Parque Novo Mundo – Metrô Tatuapé
  • 172J/10 Jardim Brasil – Tatuapé
  • 7040/10 Paraisópolis – Pinheiros
  • 8038/10 Parque Continental – Lapa
  • 8012/10 Metrô Butantã – Cidade Universitária

A SPTrans informou que seguirá monitorando diariamente a movimentação de passageiros e fará ajustes, se necessário, para atender a população.

Em razão da pandemia do coronavírus, a recomendação da Organização Mundial da Saúde é que as pessoas evitem sair de casa. A prioridade neste momento é manter o transporte disponível àqueles que prestam serviços essenciais na cidade e evitar a circulação desnecessária nas ruas da cidade.

Deixe seu comentário