Dicas para combater o coronavírus no transporte público

32
Coronavírus Passagens Transporte Frota de ônibus SPTrans Ônibus novos qualidade do transporte Ônibus municipais
Foto: Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes

Os casos do novo coronavírus, avançam e todo o cuidado é necessário para evitar que a doença afete um número maior de pessoas. Ninguém está livre do coronavírus, mas em pessoas com idade superior a 60 anos ou as quem já tem problemas de saúde como diabete, pressão alta e infecções preexistentes, entre outros, independentemente da idade, o coronavírus pode até levar à morte.

O ideal é evitar aglomerações, como no transporte público, mas nem sempre é possível.

Ações simples, entretanto, podem evitar que até mesmo vidas se percam.

Com base nas recomendações de órgãos de saúde de todo o mundo, trazemos algumas dicas para evitar o avanço do novo coronavírus.

PASSAGEIROS

  • Evite deslocamentos desnecessários;
  • Se possível, pessoas com 60 anos ou mais devem evitar o transporte público principalmente nos horários de maior lotação;
  • Passe álcool em gel nas mãos, pouco antes de entrar e pouco depois de sair do ônibus, trólebus, trem, metrô, táxi ou carro de aplicativo. Leve um frasquinho sempre;
  • Quando for espirrar, leve a região do cotovelo à boca e nariz, nunca as mãos, ou use um lenço descartável que depois deve ser jogado no lixo;
  • Se o ônibus não tiver ar-condicionado, deixe as janelas abertas.

EMPRESAS DE TRANSPORTES PÚBLICOS E MOTORISTAS DE TÁXI OU APLICATIVO

  • Reforce a limpeza e higienização internas dos veículos;
  • Oriente os funcionários e dê dispensa em caso de sintomas de gripe;
  • Disponibilize álcool em gel e lenços para os passageiros sempre que possível, seja nos terminais, estações, paradas e, no caso de aplicativos e táxis, no carro;
  • Capacite os funcionários para orientar os passageiros.

Deixe seu comentário