Coronavírus: Sindicato dos Metroviários quer fechamento de estações menores

84
Greve do Metrô Metroviários Linha 3-Vermelha Estação Bresser-Moca
Foto: Roberto Trevisan Tavares

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo emitiu um comunicado nesta sexta-feira, dia 20 de março de 2020, pedindo que sejam fechadas estações de menor porte do sistema de metrô da capital paulista.

“Em primeiro lugar, defendemos que os governos devem parar todos os serviços que não são essenciais à população. No caso do Metrô, é importante que as estações menores sejam fechadas imediatamente. O governo estadual deve orientar o Metrô a realizar um Plano de Contingência para diminuir o número de usuários”, diz o comunicado.

Para o sindicato, é uma forma de desestimular as pessoas a se locomoverem sem necessidade pela cidade, numa forma de conter o avanço do coronavírus.

Além disso, o sindicato quer o afastamento imediato dos funcionários com 60 anos ou mais. Na visão da entidade, o fechamento de estações menos movimentadas e a queda da demanda fariam com que o afastamento temporário destes profissionais não afetasse as operações do Metrô.

Nesta semana, um metroviário testou positivo para o novo coronavírus e foi afastado de suas funções.

O Sindicato dos Metroviários pediram ainda no documento que o Metrô crie um plano de contingência para diminuir a demanda na rede e que o Governo do Estado de São Paulo estenda as mesmas medidas a outros meios de transporte.

Estações menores

Deixe seu comentário