Estação Moema da Linha 5-Lilás é inaugurada

0
1426
Estação Moema
Foto: Igor Roberto

Nesta quinta-feira, dia 5 de abril, o governo estadual inaugurou a Estação Moema da Linha 5-Lilás do Metrô, após quatro anos de atraso. A entrada principal da estação fica localizada na esquina das avenidas Ibirapuera e Divino Salvador. Neste local foi criado um novo espaço público que se integra à Praça Nossa Senhora Aparecida, localizada em frente ao acesso da nova estação. O projeto arquitetônico contemplou aberturas cobertas com vidros, que levam a iluminação natural e ventilação do nível da rua até as plataformas. Essas aberturas estão na praça e também ao lado da entrada da estação.

A entrada secundária da estação, fica localizada no lado oposto da Avenida Ibirapuera, no cruzamento com a Avenida Sabiá. Ao todo, a Estação Moema tem 10,9 mil m² de área construída e 23,3 metros de profundidade, que foram divididos em quatro pavimentos: acessos no nível da rua, mezanino de distribuição, mezanino intermediário e plataformas.

Inicialmente o novo trecho entre as estações Moema e Eucaliptos vai funcionar no formato de operação assistida, de segunda-feira a sábado, das 10h às 15h, sem cobrança de tarifa. Quando o passageiro chegar na Estação Eucaliptos deverá pagar a tarifa para embarcar em um outro trem, sentido Capão Redondo.

Porque é necessário a operação assistida? Ela consiste na apresentação da estação aos passageiros, garantindo a infraestrutura necessária para o funcionamento dos terminais. Esse período permite a maturação dos equipamentos e de sistemas, como os de alimentação elétrica, sinalização e controle de tráfego, e também de telecomunicações.

catracas estação moema
Foto: Igor Roberto

O horário da nova Estação Moema será ampliado gradativamente até chegar ao funcionamento pleno em todos os dias das 4h40 à meia-noite, com cobrança de tarifa, como em toda a rede metroviária. A expectativa é que a nova Estação Moema atenda a 24 mil passageiros por dia.

A Estação Moema foi inaugurada sem as portas-plataforma, que fazem a proteção dos passageiros que aguardam a composição na plataforma. Durante a inauguração, o secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, declarou que se a empresa Bombardier, responsável pela instalação das portas-plataforma, não cumprir o cronograma de entrega das portas-plataforma, poderá ter o contrato rescindido.

Foto: Governo do Estado de São Paulo

“As portas de plataforma estão incluídas no contrato com a Bombardier. Nós já temos quase R$ 50 milhões de multas aplicadas por atrasos nas portas de plataforma. Estamos cobrando toda semana, todos os meses, um cronograma para a implantação delas. Em dezembro, termina todo o trabalho de sistema de sinalização com a Bombardier. Se em dezembro não estiver com o novo cronograma e instalado novas portas de plataforma, vamos ter que rescindir o contrato e fazer um novo para poder instalar. Nós temos informação de que em Chácara Klabin e Santa Cruz nós poderemos ter as portas de plataforma por um subfornecedor da Bombardier. O que nós temos feito é cobrado e multado, cobrado e multado”, disse Clodoaldo Pelissioni.

A Estação Moema fica próxima de diversos estabelecimentos comerciais como: Hospital Alvorada, Hotel Comfort Ibirapuera, Doçaria Casa Mathilde, Restaurante Rinconcito Peruano, Restaurante Koban, Bar do Alemão, Clínica Genesis, Escola de Idiomas Wise Up, UpTime Comunicação em Inglês, Burgers Stop Dog, entre outros. Duas agências bancárias estão localizadas próximas à estação: Bradesco (Avenida Ibirapuera, 2220) e Santander (Avenida Ibirapuera, 2210).

Foto: Governo do Estado de São Paulo

Com a inauguração de mais uma estação a Linha 5-Lilás passa agora a contar com 16,2 km de extensão e 12 estações: Moema, Eucaliptos, Brooklin, Borba Gato, Alto da Boa Vista, Adolfo Pinheiro, Largo Treze, Santo Amaro (interligação com a Linha 9-Esmeralda da CPTM), Giovanni Gronchi, Vila das Belezas, Campo Limpo e Capão Redondo.

Em julho, deverão ser entregues as estações AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz (interligação com a Linha 1-Azul) e Chácara Klabin (interligação com a Linha 2-Verde). A Estação Campo Belo (interligação com a futura Linha 17-Ouro do monotrilho) deve ser inaugurada somente em 2019.

escadas estação moema
Foto: Igor Roberto

CARACTERÍSTICAS DA NOVA ESTAÇÃO MOEMA

A nova estação segue o moderno padrão arquitetônico que vem sendo adotado nas novas estações da Linha 5-Lilás, com a utilização de uma grande cúpula de vidro, que virou marca das novas estações desta linha, na entrada principal de frente à Paróquia Nossa Senhora de Aparecida. Os vidros deste acesso permitem que a luz natural chegue ao interior da estação, gerando economia de energia elétrica e protegendo da incidência de raios ultravioleta.

Totalmente acessível, a estação conta com quatro elevadores que permitem a interligação da rua com o mezanino e as plataformas, 15 escadas rolantes, piso podotátil direcional e fita antiderrapante nas escadas fixas.

nova estação moema
Foto: Igor Roberto

AMPLIAÇÃO DA LINHA 5-LILÁS

A ampliação da Linha 5-Lilás compreende a construção de 11 km e 11 novas estações, da Estação Adolfo Pinheiro a Estação Chácara Klabin da Linha 2-Verde, além da aquisição de 26 novos trens da frota P, implantação do moderno sistema de sinalização e controle em toda a linha (desde a implantação este sistema já apresentou problemas paralisando a linha algumas vezes) e a construção do pátio de manutenção Guido Caloi.

Dentro deste projeto, a Estação Adolfo Pinheiro foi inaugurada em 2014, as estações Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin foram inauguradas em 2017 e a Estação Eucaliptos foi inaugurada em março de 2018. Quando a linha estiver em operação plena funcionando entre as estações Capão Redondo e Chácara Klabin atenderá 850 mil pessoas diariamente.

O traçado da Linha 5-Lilás percorre importantes avenidas que cortam a Zona Sul, oferecendo para a população acessos a diversos centros comerciais e renomados hospitais, como Santa Casa de Misericórdia de Santo Amaro, Hospital Alvorada, Hospital do Servidor Público Estadual, Hospital Edmundo Vasconcelos, Hospital São Paulo, Hospital Santa Cruz, Hospital Sepaco e outros centros especializados para tratamento como Associação de Assistência à Criança Deficiente, Associação de Pais Amigos dos Excepcionais de São Paulo e Lar São Francisco.

CONCESSÃO DA LINHA 5-LILÁS

Durante a inauguração da Estação Moema o governo estadual assinou o contrato de concessão das linhas 5-Lilás e 17-Ouro para o consórcio ViaMobilidade (com participação do Grupo CCR e da RuasInvest). A empresa entregou um cheque fictício com o valor da outorga que será paga ao governo estadual. O consórcio ViaMobilidade deverá assumir a Linha 5-Lilás em agosto, durante este período a empresa acompanhará toda a operação.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO