Consórcio formado pelas empresas Temoinsa e Sifang fornecerá trens para a Linha 13-Jade

732

Uma publicação do Diário Oficial do Estado informa que o consórcio formado pelas empresas Sifang (chinesa) e Temoinsa (brasileira) irão fornecer 8 trens para a Linha 13-Jade da CPTM. O consórcio venceu a licitação por oferecer o menor preço (R$ 316,7 milhões) e será a primeira vez que a capital paulista terá trens de origem chinesa circulando na rede metroferroviária.

Participaram também da concorrência, as empresas Hyundai Rotem e CAF, que ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente, na concorrência. Vale lembrar que a CAF é hoje a base da frota de trens da CPTM.

Os trens deverão ser entregues em 2019, porém a CPTM trabalha para entregar a linha que ligará a Estação Engenheiro Goulart da Linha 12-Safira a Estação Aeroporto, passando pelo Parque Cecap, em 2018.

Os novos trens terão passagem livre entre os vagões, ar-condicionado e câmeras de vigilância e também virão equipados com bagageiros para atender a demanda de passageiros que transportam malas oriundos do Aeroporto Internacional de Guarulhos.

A empresa Temoinsa fez parte de um consórcio que venceu uma licitação da CPTM para manutenção de 96 trens, mas que foi anulada pela empresa após suspeitas de favoritismo apontadas pelo Ministério Público.

Deixe seu comentário

comentários

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here