Régis Bittencourt tem operação especial no feriado da Proclamação da República

Reforço no atendimento aos usuários começa na sexta-feira, dia 11 de novembro

139

A Autopista Régis Bittencourt inicia nesta sexta-feira, 11 de novembro, uma operação especial na BR-116 São Paulo/Paraná, para atender ao aumento de tráfego previsto para o feriado prolongado da Proclamação da República (15 de novembro). A operação segue até às 23h59 do dia 15 de novembro (terça-feira) e conta com recursos operacionais extras e um esquema de tráfego para a descida e subida da Serra do Cafezal – região de Miracatu (SP).

Durante o feriado prolongado, a concessionária montará plantões com equipes de segurança viária e de conservação, com todos os recursos operacionais disponíveis como guinchos leves e pesados, unidades de atendimento pré-hospitalar, unidades de inspeção de tráfego, caminhões pipa (para combate a incêndio) e gaiolas para captura de animais, o que garantirá mais conforto e segurança para o usuário.

A Concessionária disponibilizará banners e oito painéis de mensagem variável com informações da proibição do tráfego no acostamento para auxiliar a Polícia Rodoviária Federal na fiscalização e coibição da prática. Outros 10 painéis de mensagem variável sinalizarão locais com maior risco de acidente, além de sinalização com cones de curvas com maior índice de acidentes a fim de alertar os motoristas.

O atendimento será intensificado para garantir a qualidade e agilidade nos serviços prestados aos usuários que utilizarem a rodovia durante a operação do feriado. As praças de pedágio atenderão com reforço de pessoal para a cabine de arrecadação.

A previsão é de que mais de 138 mil veículos circulem diariamente pelos trechos administrados pela Autopista Régis Bittencourt durante o período. O Centro de Controle de Arrecadação da Concessionária prevê um volume de tráfego total de 693.411 veículos que circularão nas seis praças de pedágio da Rodovia e a média diária é de 138.682 veículos.

O período de maior fluxo de veículos deverá ser no sentido de Curitiba, entre o início da tarde do dia 11 até às 16 horas do dia 12 de novembro (sábado). Já na volta, no dia 15, a tendência do fluxo é o caminho inverso, ou seja, com destino a São Paulo, a partir da meia-noite até o meio dia de quarta-feira (16). Devido à operação, está restrita a passagem de cargas especiais (veículos pesados superdimensionados) pela rodovia Régis Bittencourt durante o dia todo neste período. Não serão realizadas obras de rotina que possam intervir no tráfego, mas equipes estarão de prontidão em casos emergenciais.

Confira a previsão dos horários de maior movimento na rodovia:

OPERAÇÃO 15 DE NOVEMBRO

Dias e horários de maior movimento:

SAÍDA
11/11 (sexta-feira) – das 12h às 16h de 12/11/2016

RETORNO
15/11 (terça-feira) – das 0h até às 12h de 16/11/2016

Operação Serra do Cafezal

A Autopista recomenda aos usuários que redobrem a atenção à sinalização neste trecho. No sentido sul haverá placas de acostamento “liberado” “fechado” de acordo com a extensão da faixa reversiva a ser montada, além de placas de orientações e faixa adicional no km, 349.

Está proibido o trânsito de caminhões pela faixa reversiva nos km 350 e 352 e uma placa “Acenda os faróis” na reversiva nos kms 349+500 e Km 354.

Operação especial de tráfego

A Autopista Régis Bittencourt implantará Operação Especial de Tráfego em duas extensões distintas de acordo com o fluxo de veículos.

Do km 349 ao km 352+900 no sentido São Paulo – Curitiba, o tráfego nesta extensão passará a fluir por duas faixas. A faixa da esquerda do sentido norte será a faixa reversiva, operando no sentido sul, que dará prioridade aos veículos de passeio com os faróis acesos e em baixa velocidade, de acordo com o fluxo de veículos.

Do km 359 até o km 361+500, no sentido Curitiba – São Paulo o acostamento será liberado ao tráfego de veículos pequenos, de acordo com o fluxo de veículos e mediante autorização da Polícia Rodoviária Federal.

Na pista norte o tráfego sofrerá a monitoração constante devido à extensão que estará o tráfego nesse sentido fluindo por uma faixa. Pode haver a antecipação da desmontagem da faixa reversiva para uma melhor fluidez e normalização do tráfego sentido norte.

Obras

A Concessionária pede que os usuários redobrem a atenção e reduzam a velocidade nos trechos com sinalização de obras. Nos locais com sinalização permanente, o tráfego é operado por uma faixa de rolamento. Devido ao aumento do volume de veículos, poderá ocorrer retenções de tráfego nessas regiões:

TRECHOS ONDE OS MOTORISTAS DEVEM REDOBRAR ATENÇÃO:

– Trecho do Largo do Taboão, do km 268+900 ao 271, sujeito à congestionamento devido trecho urbano e aos semáforos.
– Entroncamento com a SP-021 Rodoanel Mário Covas, km 282 ao 279 Norte, sujeito à congestionamento devido excesso de veículos no acesso no km 279 e acidentes no trecho da pista interna do Rodoanel.
– Trecho do Atuba, ligação à Curitiba do km 13 ao 18+600, devido trecho urbano.
– Na Serra do Cafezal do km 336 até o km 370.
– Na Serra do Azeite do km 498 até o km 524.
– Na Serra da Bica da Onça do km 544 ao 569.
– Na Serra do Alpino do km 14 ao 34.
– No desvio das obras km 508+800 Sul, tráfego fluindo por faixa única e com restrição de peso, mediante AET.

Pedágio

A Régis Bittencourt possui cobrança de pedágio nos seguintes pontos:

Km 299 – São Lourenço da Serra (SP)
Km 370 – Miracatu (SP)
Km 427 – Juquiá (SP)
Km 485 – Cajati (SP)
Km 542 – Barra do Turvo (SP)
Km 57 – Campina Grande do Sul (PR)

A tarifa básica é de R$2,50 em todas as praças; motos pagam R$1,25 e veículos comerciais pagam conforme o número de eixos.

Deixe seu comentário