Recentes conquistas dão mais motivos para comemorarmos o Dia Nacional do Ciclista

103
Nova ciclovia da Avenida Paulista faz parte de expansão da rede para bicicletas em São Paulo (Foto: Reprodução/BBC)

Englobando saúde, esporte e sustentabilidade em uma única atividade, o ciclismo traz inúmeros benefícios para o corpo, mente, vida social e bolso. É por isso que, merecidamente, a próxima sexta-feira (19) é dedicada ao Dia Nacional do Ciclista, uma oportunidade a mais para celebrar as recentes conquistas da prática no Brasil, como aumento do número de ciclofaixas em grandes cidades e o maior incentivo aos apaixonados pelas “magrelas”.

Se os últimos anos favoreceram o desenvolvimento dos veículos motorizados, a sustentabilidade ganha cada vez mais espaço em um mundo onde a mobilidade urbana vem sendo questionada. Prova disso é o projeto da Prefeitura de São Paulo, que pretende criar o bilhete mobilidade, um sistema de recompensa para o cidadão que trocar o carro ou ônibus pela bicicleta, em pelo menos parte do trajeto.

A novidade deve substituir o atual bilhete único e permitirá ao usuário se cadastrar em um aplicativo para marcar o tempo e a distância percorrida de bike, para, ao final, converter isso em créditos que poderão ser usados em outros modais ou ser retirados em dinheiro. A capital paulista vem se destacando com boas medidas de fomento à utilização de alternativas consideradas verdes no transporte, como o incentivo às empresas que auxiliam financeiramente os funcionários a escolherem a bicicleta como meio de transporte até o trabalho.

Outra boa iniciativa brasileira vem da Prefeitura de Curitiba, que, em parceria com uma empresa japonesa, irá instalar até o segundo semestre deste ano ciclovias que irão produzir eletricidade por meio do som e da vibração provocados pelo movimento da bicicleta. Com isso, a sinalização luminosa dos cruzamentos com ciclovias e vias será gerada pelos próprios ciclistas que circularem por esses locais.

Mundialmente, a saúde da população também ganha destaque com o uso das bikes. Uma pesquisa feita pela Universidade de Cambridge com o National Health Service (equivalente ao Sistema Único de Saúde brasileiro) apontou que a cada 1 Libra investida no ciclismo como atividade física, 4 Libras são economizadas no sistema de saúde com doenças relacionadas a obesidade e diabetes.

Se você ainda procura motivos para aderir à bicicleta, dê uma chance e sinta os benefícios da prática. Seu corpo, o meio ambiente e o esporte agradecem!

Texto: Blog Viver Seguro no Trânsito

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here