8 mil motoristas do aplicativo 99Taxis serão suspensos por má avaliação

Não ligar o ar-condicionado, educação e cancelamentos são os comportamentos que mais geram queixas

255
avaliação 99Taxis Pop
Foto: Reprodução

O aplicativo 99Taxis, que permite ao passageiro chamar um táxi através do celular, informou que vai retirar de seu cadastro no Brasil os taxistas mais mal avaliados pelos passageiros. O corte chegará a quase 8 mil motoristas, cerca de 10% da frota de 80 mil parceiros ativos da empresa.

O diretor de relações públicas do aplicativo, Pedro Somma, explicou que o objetivo da iniciativa é aumentar a qualidade dos motoristas que atendem passageiros via aplicativo. “Esses motoristas estão sendo avaliados há mais de um mês e hoje estão sendo suspensos do aplicativo”, acrescentou.

Critério

Segundo Pedro Somma, o critério para selecionar os motoristas que serão excluídos do serviço é a avaliação dada por passageiros ao fim das corridas. A 99Taxis usa essas notas para criar um cadastro. O alvo da ação serão os motoristas que estiverem dentre os 10% pior ranqueados.

Maior corte em São Paulo

O corte atingirá com maior força a cidade de São Paulo. Maior mercado do aplicativo, a capital paulista é responsável por metade das quase 4 milhões de corridas feitas mensalmente pelo aplicativo. Dos quase 40 mil taxistas paulistanos cadastrados, 3 mil serão excluídos do registro do serviço.

A companhia informa que os taxistas não serão pegos de surpresa, já que são constantemente avisados sobre as reclamações a respeito deles.

Comportamentos que geram queixas

O executivo da 99Taxis diz que são três os comportamentos que mais geram reclamação entre os clientes. O primeiro deles é o taxista não querer ligar o ar-condicionado.

“O segundo ponto é o taxista mal educado, grosso, rude”, continua Pedro Somma. A terceira maior queixa é sobre os cancelamentos de corrida.

Deixe seu comentário

comentários

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here