Tribunal de Contas do Estado libera licitação para conclusão das obras da Linha 4-Amarela

119

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo liberou na quarta-feira (30) a licitação para a conclusão das obras da Linha 4-Amarela do Metrô, paralisadas desde julho do ano passado, quando o governo Geraldo Alckmin rompeu o contrato com o consórcio responsável pela construção, por causa de sucessivos atrasos.

A licitação de R$ 1,3 bilhão foi suspensa no dia 17 de março pelo conselheiro Antônio Roque Citadini, a pedido de uma empresa que apontou falha no edital.

Na quarta-feira, os conselheiros julgaram a representação improcedente e o Metrô deve receber as propostas na semana que vem. A expectativa da Secretaria dos Transportes Metropolitanos é entregar as estações  Higienópolis-Mackenzie e Oscar Freire em 2017, três anos após a primeira estimativa feita pelo Metrô para a conclusão das obras: 2014. Já as estações São Paulo-Morumbi e Vila Sônia deverão ser entregues em 2018.

Deixe seu comentário