Circulação dos trens entre as estações Osasco e Carapicuíba da Linha 8-Diamante tem problemas nesta manhã

1465
Foto: Marcelo Rosa

Por volta das 7h da manhã desta segunda-feira (29) a circulação de trens entre as estações Osasco e Carapicuíba da Linha 8-Diamante da CPTM ficou paralisada.

A circulação dos trens ficou interrompida em razão do rompimento de um cabo de energia nas proximidades da estação Comandante Sampaio. No trecho compreendido entre as estações Júlio Prestes e Presidente Altino, e entre as estações Santa Teresinha e Itapevi, os intervalos estavam maiores entre as composições, gerando atrasos e consequentemente trens e plataformas lotados.

Foto: Ariane Vicente
Foto: Ariane Vicente

Às 7h30 era possível ver pessoas andando na via na região das estações Comandante Sampaio e Quitaúna, por causa desta falha no sistema de energia.

A estação Osasco ficou com lotação excessiva e teve que ser fechada. Por este motivo, o embarque para a linha 9-Esmeralda não estava sendo feito na estação Osasco e o mesmo só ocorria na estação Presidente Altino. Na região da estação Osasco muitos passageiros andavam sobre os trilhos e subiam nas plataformas com o auxílio de escadas que foram improvisadas por funcionários da CPTM.

A CPTM diz que tinha acionado a operação de ônibus Paese (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência) para atender o trecho entre as estações Osasco e Carapicuíba, mas diversos passageiros afirmavam que não viram nenhum ônibus. Há muita desinformação por parte da CPTM nessas situações.

Relato do passageiro Roberson de Castro: “O mais engraçado é a falta de comunicação. Nos trens e plataformas nenhum aviso sobre a “lentidão”, no site da CPTM informa que a operação está normal, no Twitter dizem que está normalizando, na vida real gastei mais que o dobro de tempo entre Carapicuíba e Osasco, fora a bagunça e multidão tentando ir trabalhar.”

Relato da passageira Maby Jacques: “Hoje entrei no trem às 7h na estação General Miguel Costa, linha 8-Diamante. Bom, acontece que chegando em Quitaúna houve uma falha na eletricidade, o trem deu um tranco, apagou as luzes, desligou ar condicionado. O trem super lotado, todo mundo de pé com muito calor, começou ficar tudo abafado e a galera entrar em desespero. Ficamos nesse sufoco todo por 30 minutos, então o maquinista mandou nós passageiros descermos (pularmos vagão a baixo) e ir andando até a estação Quitaúna, bom foi o que todos nós fizemos. Chegando em Quitaúna para subir pra plataforma era uma baita de uma gambiarra, perigo de alguém cair e se machucar feio, cadê os ajudantes? Eram os próprios passageiros tanto para descer do trem como para subir pra plataforma em Quitaúna. O trem no sentido Júlio Prestes chegou super lotado e com um vão entre o trem e a plataforma de quase 1 metro. Tudo isso demorou 1 hora. E é essa a melhora que recebemos por pagar R$ 3,80, passamos mal, chegamos atrasados no trabalho e faculdade e em outros compromissos, e só quem perde com isso é a gente.”

Somente por volta de 8h20 a circulação dos trens foi restabelecida no trecho entre as estações Osasco e Carapicuíba e a circulação dos trens entrou em processo de normalização.

Estação Osasco (Foto: Hernandes de Souza)
Estação Osasco (Foto: Hernandes de Souza)
"Na estação Itapevi a CPTM não tem respeito pelos seus usuários vendem o bilhete sem comunicar o problema das linhas. E não fazem reembolso. É uma vergonha!" Relato e imagem do passageiro Davi Nogueira.
“Na estação Itapevi a CPTM não tem respeito pelos seus usuários vendem o bilhete sem comunicar o problema das linhas. E não fazem reembolso. É uma vergonha!” Relato e imagem do passageiro Davi Nogueira.
Estação Barueri às 7h30. Foto: Márcio Weichert‎
Estação Barueri às 7h30. Foto: Márcio Weichert‎
Esta era a situação dos usuários que pagam pelo transporte público na estação Quitaúna da Linha 8-Diamante (Foto: Elaine Silva)
Esta era a situação dos usuários que pagam pelo transporte público na estação Quitaúna da Linha 8-Diamante (Foto: Elaine Silva)

Estação Osasco (Foto: Carlos Leonardo)

Deixe seu comentário