Estações e trens da CPTM têm lixo no chão e lixeiras transbordando

595
Foto: Tamiris Gomes/Blog Mural

Diversas estações da CPTM acumulam grande quantidade de lixo no saguão de embarque, próximo às catracas de baldeação, escadas e também nas plataformas. As lixeiras, além disso, estão transbordando, o que mostra a falta de limpeza regular nos últimos dias.

Nas estações Luz e Tatuapé, na última terça-feira (27), a situação estava precária. Dentro de vários trens o lixo também estava no chão.

Em São Caetano, as lixeiras transbordavam e funcionários da própria CPTM recolhiam os dejetos.

Na estação Santo André, havia vários papéis e latas espalhados pela plataforma e um vazamento de esgoto que atrapalhava quem fazia a transição para o Terminal Oeste da EMTU. A empresa, inclusive, deslocou sua equipe de limpeza para higienizar o local.

Em várias estações os acessos aos sanitários foram fechados com a informação de estarem em manutenção, com isso muitos usuários não podiam utilizar os mesmos.

A limpeza foi interrompida pelo seguinte motivo, explica a companhia: “Durante a transição do contrato de limpeza, algumas empresas participantes da licitação promoveram medidas judiciais, ocasionando o atraso no início da prestação de serviço da nova empresa.” A CPTM informou que já restabeleceu de forma gradativa a limpeza das estações.

A empresa anterior era a Faísca (Faísca Empresa de Saneamento Ambiental) e a nova empresa que assumiu os serviços é a Tonanni, telefone 4788-4300.

O Mobilidade Sampa denunciou e o assunto foi tema de reportagem para a TV Bandeirantes e a rádio CBN.

Confira aqui a matéria exibida no telejornal Café com Jornal da TV Bandeirantes.

Matéria da rádio CBN São Paulo:

Deixe seu comentário