Apesar de recuo do prefeito Sebastião Almeida, servidores de Guarulhos mantém greve desta terça

585
Foto: Guarulhos Web

Após uma reunião convocadas às pressas com os vereadores da base governista na Câmara Municipal, depois de perceber a grandeza do movimento promovido pelos servidores públicos municipais no primeiro dia de greve contra o projeto que muda o Regime Jurídico Único (RJU) da categoria, o prefeito Sebastião Almeida (PT) teve de recuar. Em nota oficial, informou que irá retirar o PL que muda a RJU.

Veja na íntegra:

“A Prefeitura de Guarulhos decidiu nesta segunda-feira (5) retirar o projeto de lei sobre o Regime Jurídico Único (RJU), que se encontra na Câmara Municipal para apreciação dos vereadores. O objetivo é esclarecer eventuais dúvidas junto aos servidores municipais.

Para manter o espírito democrático que sempre norteou esta administração, continuaremos mantendo contato com todos os setores do funcionalismo público no sentido de construir uma proposta de consenso e buscar, inclusive, o aperfeiçoamento do referido projeto.”

Apesar da nota oficial, o STAP (Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública) informa que a greve da categoria, deflagrada nesta segunda-feira, está mantida, conforme decicido em assembleia nesta tarde. A entidade avisa que as ações desta terça-feira estão mantidas, com concentração a partir das 8h na praça Getúlio Vargas e a partir das 13h na Câmara Municipal.

Leia também:

Greve dos servidores municipais de Guarulhos chega ao fim

Servidores municipais mantém greve e se reúnem no Centro de Guarulhos

* Com informações do portal Guarulhos Web

Deixe seu comentário