Programa de Proteção à Vida – CET implanta redução de velocidade na Avenida Jacu-Pêssego

192

A ação visa aumentar a segurança para usuários e incentivar o melhor compartilhamento do espaço urbano

A Companhia de Engenharia de Tráfego implantará a partir desta segunda-feira (03/08) redução de velocidade na Avenida Jacu-Pêssego, na Zona Leste, onde será regulamentada a velocidade máxima de 50 km/h. Atualmente, a velocidade permitida é de 60 e 70 km/h. A medida está inserida no plano de redução de acidentes viários do “Programa de Proteção à Vida”. Com isso, pretende-se melhorar a segurança dos usuários mais vulneráveis do sistema viário, pedestres e ciclistas, buscando a convivência pacífica e a redução de acidentes e atropelamentos na área.

Alterações no Sistema Viário

Regulamentação de velocidade máxima de 50 km/h na Avenida Jacu-Pêssego, em ambos os sentidos, toda extensão (20 km), exceto no trecho entre as ruas Adriano Bertozzi e Zituo Karasawa, onde existem dispositivos redutores de velocidade e permanece a velocidade de 30 km/h, conforme folha informativa anexa.

A medida se faz necessária vista que a referida via possui tráfego intenso e grande volume de pedestres. Na Avenida Jacu-Pêssego, entre janeiro de 2011 e dezembro de 2014, aconteceram 474 acidentes veiculares com vítimas e 100 atropelamentos, resultando em 780 pessoas feridas e 72 mortes. Desta forma, velocidades menores são necessárias para promover condições seguras e confortáveis de circulação aos pedestres que ainda representam o maior número de vítimas no trânsito em São Paulo.

Para implantação da redução de velocidade na Avenida Jacu-Pêssego serão utilizadas 164 novas placas de sinalização vertical de regulamentação e advertência, além de quatro faixas de vinil e 34 banners nos principais acessos, alertando os motoristas quanto à mudança.

A Engenharia de Campo da CET vai acompanhar o desempenho da nova medida e orientar o tráfego na região.

Fale com a CET – Ligue 1188. Atende 24 horas para informações de trânsito, ocorrências, reclamações, remoções e sugestões.

Deixe seu comentário