1ª manhã de velocidade reduzida nas Marginais tem trânsito menor

261
Trânsito na pista expressa da Marginal do Tietê, sentido Rodovia Castelo Branco, na altura da Ponte Governador Eurestes Quércia, conhecida como Estaiadinha. (Foto: Divulgação)

Na primeira manhã após a redução de velocidade nas Marginais do Tietê e do Pinheiros, o trânsito ficou abaixo da média na cidade de São Paulo. Nesta segunda-feira, 20, houve entre 23,4 e 59,8 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) no horário de pico da manhã, que vai das 7 horas às 10 horas – a média varia entre 43,4 e 123,2 quilômetros de congestionamento.

A redução da velocidade nas Marginais é uma tentativa de a Prefeitura de São Paulo diminuir a quantidade de mortos e feridos no trânsito. No ano passado, as Marginais registraram total de 1.180 acidentes, deixando 1.399 feridos e outros 73 mortos.

Por volta das 8h45, a lentidão nas Marginais correspondia a 47% dos congestionamentos registrados na cidade, segundo a CET. Na pista expressa da Marginal do Tietê, que teve a velocidade máxima reduzida de 90 km/h para 70 km/h, eram 8,8 quilômetros de lentidão no sentido da Rodovia Castelo Branco. Havia trechos de retenção da Ponte Aricanduva à da Vila Guilherme; da das Bandeiras à da Casa Verde; e da Atílio Fontana ao Complexo Viário Heróis de 1932, o Cebolão.

Já na pista expressa da Marginal do Pinheiros, às 10h25, a lentidão somava 5,6 quilômetros no sentido de Interlagos, do Cebolão à Ponte Cidade Universitária.

* Com informações do jornal O Estado de São Paulo

Deixe seu comentário

comentários