Espetáculo itinerante na Linha 12-Safira da CPTM chega à segunda temporada

Sucesso de público, o espetáculo teatral “A Cidade dos Rios Invisíveis”, encenado na Linha 12-Safira, pelos atores do coletivo Estopô do Balaio, ganhou sua segunda temporada na CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos].

As apresentações serão realizadas até 06/12, a partir das 15h, às sextas, sábados e domingos. Os ingressos são gratuitos [30 pessoas por viagem], mediante inscrição prévia no projeto, pelo e-mail cidadedosriosinvisiveis@gmail.com

A proposta do projeto é proporcionar uma imersão na história dos bairros que margeiam a Linha férrea, despertando o encontro com a cultura popular da região. Com o olhar atento às manifestações de dança de rua, grafites e outras intervenções artísticas, são realizadas viagens de trem monitoradas pelo grupo de artistas do Coletivo, no trecho entre as estações Brás e Jardim Romano.

Com sede no Jardim Romano, bairro da zona leste mais atingido pelas enchentes que assolaram aquela região em 2010, o grupo propõe um mergulho nas experiências retratadas pelos moradores. Iniciando com intervenções no interior dos trens, o projeto inclui roteiro a ser percorrido pelas ruas do Jardim Romano.

B0G4c2lCMAAg_4K

Durante o trajeto de trem, os participantes ouvem, por meio de aparelho de áudio, cedido mediante entrega de RG, as narrativas sobre as paisagens avistadas pelos bairros em torno das estações [Brás, Tatuapé, Penha, Vila Cisper, Ermelino Matarazzo, São Miguel Paulista, Jardim Helena, Itaim Paulista e Jardim Romano].

O projeto “A Cidade dos Rios Invisíveis” é inspirado no livro “Cidades Invisíveis”, do escritor italiano Ítalo Calvino. Na obra, o autor relata a memória das cidades visitadas por Marco Polo, que integravam o reino do imperador Kublai Khan.

Este é o terceiro espetáculo da trilogia desenvolvida pelo Coletivo Estopô Balaio com os moradores do Jardim Romano, construído a partir de relatos e depoimentos sobre as enchentes. As histórias dos atores-moradores, repletas de experiências com resgates e ações solidárias dos vizinhos são algumas das memórias que compõe a dramaturgia.

A primeira temporada foi realizada entre os meses de agosto e setembro.

Serviço:

Evento: A cidade dos rios invisíveis
Data: de 17/10 a 06/12, às sextas, sábados e domingos [com exceção do dia 26/10, quando não haverá espetáculo].
Ponto de encontro: Espaço Cultural da Estação Brás da CPTM
Obs: as reservas devem ser feitas pelo e-mail acidadedosriosinvisiveis@gmail.com.
Informações: tel.: 3188-8936

Deixe um comentário