Ambulantes nas estações e trens do Metrô

382

Com muita frequência, recebemos relatos de muitos usuários sobre a presença dos ambulantes seja dentro dos trens ou nos arredores das estações do Metrô. Podemos citar aqui alguns exemplos como a estação Capão Redondo da Linha 5-Lilás onde na entrada da estação virou um verdadeiro ‘camelódromo’ e as estações Bresser, Barra Funda e Brás da Linha 3-Vermelha. Lembrando que são somente alguns exemplos.

Diante disso, questionamos ao Metrô de São Paulo, qual trabalho é realizado para impedir a atuação dos ambulantes. Confira a nota enviada na íntegra:

“Informamos que o Corpo de Segurança atua em esquema de rondas preventivas e ostensivas em todas as áreas das estações e trens, desenvolvendo todo esforço possível para coibir atitudes infratoras no sistema metroviário.

Os ambulantes são orientados – insistentemente – de que a prática do comércio é proibida dentro do sistema Metrô, acatando momentaneamente as orientações. Todavia, ao perceberem que os Agentes de Segurança não estão mais no local, retornam, se homiziando e dificultando a atuação dos empregados.

Dessa forma, são realizadas em média 400 apreensões de mercadorias mensalmente, encaminhadas à SubPrefeitura, onde é realizado pagamento de multa para retirada das mercadorias recolhidas.

Entretanto. esclarecemos que temos limitação de atuação, o que nos impede atuar fora da nossa área de competência.

A cooperação dos usuários é um fator indispensável para que o esforço fiscalizador da empresa se exerça de maneira pronta e eficaz. Por este motivo é que solicitamos não incentivar essa prática adquirindo seus produtos e, ao observar ocorrências dessa natureza, comunicá-las, tão logo lhe seja possível, a um empregado da estação para as providências cabíveis.

Frequentemente, veiculamos campanhas educacionais, além de mensagens pelo sistema de audição pública das estações e dos trens, pela TV Minuto, orientando aos usuários a não adquirirem tais produtos.

A Companhia do Metrô está consciente de seu papel de empresa pública, a serviço da população, devendo prosseguir na busca da melhoria do serviço e na solução dos problemas específicos apontados pelos usuários.

Informamos, também, que disponibilizamos aos nossos usuários um serviço de SMS denúncia, sob o número 97333.2252, onde através de um torpedo enviado por celular, o Centro de Controle da Segurança aciona os empregados mais próximos para atender a ocorrência.”

E você usuário do Metrô, em quais mais estações você observa o comércio irregular, seja nos trens ou arredores das estações, você pode enviar o seu comentário logo abaixo ou nos enviar um email para sampamobilidade@gmail.com

Reportagem: Eduardo Paulino da Silva

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here