Projeto da nova estação da CPTM em Rio Grande da Serra ainda não avança

O projeto da nova estação da CPTM em Rio Grande da Serra, originalmente prometido para o primeiro semestre de 2023, enfrenta atrasos significativos.

A prefeita Penha Fumagalli (PSD) busca destravar o andamento do projeto, que está parado devido à falta de progresso no projeto executivo, que deveria ter sido doado pela MRS Logística ao Estado. A informação foi divulgada pelo “DGABC“.

Na última reunião com o presidente da CPTM, Pedro Moro, não houve novidades sobre o andamento do projeto.

Essa nova estação é uma demanda antiga e é considerada crucial para a mobilidade de Rio Grande da Serra.

A atual localização do terminal causa interrupções significativas no tráfego, impactando até mesmo a passagem de ambulâncias.

Caso o projeto executivo não seja apresentado até agosto, a responsabilidade poderá ser transferida para o governo paulista, o que pode atrasar a obra por até 18 meses.

A MRS Logística informou que o projeto está na fase final de elaboração e deve ser entregue ainda no segundo semestre de 2024.

Após a conclusão do projeto executivo, o processo de licitação será iniciado.

Deixe um comentário