20.2 C
São Paulo
sexta-feira, maio 24, 2024

Consórcio C2 Mobilidade deve contratar 30% dos funcionários da CPTM

Após o desfecho do processo de leilão do Trem Intercidades, no qual o Consórcio C2 Mobilidade, composto pelo Grupo Comporte e pela empresa chinesa CRRC, emergiu como vencedor ao apresentar a única proposta pelo projeto no final de fevereiro, os trabalhadores da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) que atuam na Linha 7-Rubi encontravam-se em meio a incertezas sobre o seu destino.

Para dissipar dúvidas, o presidente da Companhia, Pedro Moro, realizou recentemente um diálogo com os funcionários dessa linha, abordando questões relacionadas ao futuro.

Durante essa conversa, o executivo destacou o compromisso da nova concessionária em contratar pelo menos 30% do atual quadro de funcionários da Linha 7, provenientes de diversas áreas, como operação, segurança e manutenção.

Essa medida é percebida pelo Grupo Comporte como uma maneira de absorver uma força de trabalho que já possui conhecimento dos sistemas, procedimentos e da operação diária, evitando possíveis problemas de transição enfrentados pela ViaMobilidade ao assumir as linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda.

Conforme previsto no contrato de concessão, está estabelecido um período total de 18 meses para a transição entre a CPTM e o Grupo Comporte. Os seis primeiros meses serão de uma fase de adaptação para início deste processo.

Nos 12 meses subsequentes, ocorrerá a transferência de conhecimento e a efetiva transição até a completa transferência da gestão.

Além disso, Pedro Moro informou que, no segundo semestre de 2024, possivelmente a partir de agosto, será iniciado um novo Programa de Demissão Incentivada (PDI) destinado aos funcionários da Linha 7-Rubi, com um novo esquema e melhor remuneração financeira, tornando-o mais atrativo.

O Grupo Comporte, vencedor do leilão do TIC Eixo Norte, que inclui a Linha 7-Rubi, também ficará responsável pela construção do Trem Intercidades até Campinas e do Trem InterMetropolitano para atender as cidades de Vinhedo, Valinhos e Louveira, partindo de Jundiaí e também finalizando em Campinas. A previsão é que esses serviços estejam plenamente operacionais até 2031.

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Igor Roberto
    Igor Robertohttps://noticiando.net/
    Paulistano, empreendedor e pai. Formado em gestão pública e graduando em Direito. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana e o transporte público. É o redator de conteúdo dos sites de mobilidade do Grupo PLN. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@grupopln.com.br.

    ÚLTIMOS POSTS

    ESCREVA SEU COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    SIGA-NOS

    6,317SeguidoresSeguir
    28,236SeguidoresSeguir
    439InscritosInscrever
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS