23.7 C
São Paulo
quinta-feira, fevereiro 29, 2024

Mogi das Cruzes é o primeiro certificado como Cidade Verde no transporte da Região Metropolitana

Mogi das Cruzes recebeu, na tarde desta terça-feira (07/11), a certificação de Cidade Verde do Programa Ambiental do Transporte (Despoluir), que busca o controle e a diminuição da emissão de poluentes pelos veículos de transporte coletivo. O município é o primeiro da Região Metropolitana de São Paulo e um dos 12 do estado a alcançar a premiação. O evento ocorreu no auditório da administração municipal e também teve a premiação das empresas de transporte coletivo com atuação na cidade com a certificação de Empresa Amiga do Meio Ambiente.

Foram certificadas as empresas Princesa do Norte, CS Brasil, Piracicabana, Alto Tietê Transportes, Viação Cometa, Viação Jacareí, Pássaro Marrom e JSL. Ao todo, 1.424 ônibus tiveram aferição com relação à emissão de poluentes e a aprovação foi de 97% da frota. Os destaques foram as empresas Piracicabana e  Princesa do Norte, com 99% de aprovação.

“Esta é uma pauta muito importante para nós. Quando a sustentabilidade é colocada na prática, isso deve ser muito valorizada. E a cidade de Mogi das Cruzes só conseguiu porque temos empresas sérias que estão comprometidas com a cidade. A pauta da sustentabilidade é um investimento de agora, mas que vamos levar para todo o tempo, para nossos filhos e netos. É um investimento em gente”, destacou o prefeito Caio Cunha, ao lado da vice-prefeita Priscila Yamagami.

O programa Despoluir possui 16 anos de existência e é gerido pela Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado de São Paulo (FETPESP), em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT) e com o Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat), além de ter o apoio técnico da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). São certificados os municípios que alcançam médias superiores a 95% de aprovação, de acordo com os parâmetros da iniciativa, na frota de transporte coletivo municipal, intermunicipal e de fretamento.

“A sustentabilidade é uma pauta que não é mais uma opção, mas algo que precisamos levar para todos os setores. Quero parabenizar a cidade de Mogi das Cruzes e agradecer o apoio da Prefeitura e das empresas de transporte”, disse o gerente executivo da FETPESP e coordenador do programa Despoluir em São Paulo, Anderson Oliveira.

O sistema municipal de transporte coletivo possui ações que auxiliam no controle da emissão de poluentes e partículas de carbono na atmosfera. A principal é a obrigatoriedade, por contrato, de ônibus novos em operação. Mogi das Cruzes possui uma das frotas de transporte coletivo mais novas do estado de São Paulo, com idade média da frota inferior a três anos.

A medida auxilia na redução da emissão de poluentes, uma vez que os ônibus possuem equipamentos modernos de controle, além de motores sempre devidamente regulados. Atualmente, os veículos do transporte coletivo do sistema municipal contam com tecnologia Euro 5. O trabalho terá avanço no próximo ano, quando, com a renovação da frota, o sistema passará a contar com veículos com a tecnologia Euro 6, a mais moderna para diminuição da emissão de poluentes pelos motores dos ônibus.

Também participaram do evento a secretária-adjunta de Mobilidade Urbana, Miriam Benites, a secretária municipal de Meio Ambiente e Proteção Animal, Ionara Fernandes, representantes das entidades que realizam o projeto e das empresas de transporte que operam em Mogi das Cruzes.

Deixe seu comentário

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Eduardo Camilo
    Eduardo Camilo
    Eduardo Camilo é redator de conteúdo dos sites de mobilidade urbana do Grupo PLN.

    ÚLTIMOS POSTS

    SIGA-NOS

    6,317FollowersFollow
    28,236FollowersFollow
    439SubscribersSubscribe
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS