Bike Arte Brasil levará para Campinas muita arte, música e bicicleta

Depois de ter passado pela Zona Leste de São Paulo, o festival Bike Arte Brasil vai desembarcar em Campinas nos dias 2 e 3 de dezembro. O evento gratuito, feito pelo Instituto Aromeiazero, promete ocupar as ruas da cidade com shows, exposições e oficinas, usando a bicicleta como tema central.

Para cada uma das edições, visto que o festival passará por mais 3 cidades (Blumenau, Campinas; Fortaleza e Manaus), um processo seletivo é aberto. O objetivo é definir as pessoas que irão ministrar oficinas de artes visuais urbanas e workshops que acontecerão nos dias de evento. Com inscrições abertas de hoje (01/11) a dia 19 de novembro, o edital irá selecionar iniciativas nas seguintes linguagens: Grafitti ou Estêncil; Serigrafia e/ou Lambe-Lambe; e Produção Cultural e/ou Cicloativismo.

Podem se candidatar pessoas jurídicas MEI ou ME ou grupo informal ou coletivo, desde que seja representado por uma MEI, é preciso ter experiências com atendimento ao público e respeitar a diversidade, promovendo um ambiente seguro e acolhedor para todos. Vale ressaltar que o intuito do Bike Arte Brasil é valorizar a cultura local periférica e, por isso, moradores ou pessoas que tenham histórico de atuação na região onde irá acontecer o evento, terão prioridade no processo de seleção.

Em 12 edições, o projeto Bike Arte já promoveu ilustradores e grafiteiros, organizou dezenas de oficinas gratuitas e cerca de 30 shows para um público de 14.000 pessoas. Foram 24 oficinas, além de dois festivais com atrações diversas e para todas as idades.

A iniciativa, feita pelo Instituto Aromeiazero, é viabilizada pela Lei de Incentivo à Cultura via Ministério da Cultura e patrocínio da Rede, empresa de meios de pagamentos do Itaú Unibanco, WestRock e Ticket Log. Para enviar sua proposta e saber mais da programação, acesse o site.

Sobre o Aromeiazero 

O Instituto Aromeiazero é uma organização sem fins lucrativos que utiliza a bicicleta para reduzir as desigualdades sociais e contribuir para tornar as cidades mais resilientes. O Aromeiazero conta com o patrocínio institucional do Itaú Unibanco, além de leis de incentivo, sendo grande parte das ações em periferias e comunidades vulneráveis. Desde 2011, as iniciativas do Aro promovem uma visão integral da bicicleta, potencializando expressões culturais e artísticas, geração de renda e hábitos de vida saudáveis.