Alstom fornece moderno sistema de sinalização para a extensão da Linha 2 do Metrô de Santiago

A Alstom, líder mundial em mobilidade inteligente e sustentável, comemora a inauguração da extensão da Linha 2 do Metrô de Santiago. A Alstom tem o orgulho de fornecer tecnologia de sinalização e automação de última geração para este projeto, que proporcionará um serviço mais seguro, eficiente e confiável para os passageiros.

“Essa extensão é outro exemplo do compromisso de longo prazo da Alstom com o Chile e o metrô de Santiago. Temos orgulho de fornecer essa tecnologia de ponta que garantirá altos níveis de segurança, confiabilidade e eficiência. Na Alstom, seguimos contribuindo para uma mobilidade inteligente e de alto padrão para o Metrô de Santiago, algo que temos feito desde a sua criação, há quase 50 anos”, diz Denis Girault, Diretor Geral da Alstom no Chile.

A tecnologia instalada pela Alstom permitirá que os trens circulem sob o controle do sistema de intertravamento e do sistema de controle automático de trens (SACEM) da Alstom, que garante a segurança dos passageiros ao auxiliar o condutor, otimizando a aceleração e a desaceleração dos trens, reduzindo assim o consumo de energia e proporcionando uma viagem mais confortável para os passageiros. Além disso, isso possibilitará manter o intervalo de tempo entre os trens como na linha existente.

Essa extensão de 5,2 quilômetros inclui quatro novas estações: El Bosque, Observatorio, Copa Lo Martínez e Hospital El Pino e beneficiará mais de 651 mil habitantes reduzindo o tempo de viagem em 42% em comparação com o atual, chegando a aproximadamente 24 minutos (contra 41 minutos atualmente). Estima-se que mais de 30.000 pessoas utilizarão esse serviço diariamente.

A Alstom também será responsável pela manutenção da tecnologia de intertravamento eletrônico de última geração nas novas oficinas da Linha 2, localizados na Vespucio Norte, bem como no intertravamento da extensão da linha.

A Alstom tem mantido uma parceria contínua e bem-sucedida com o Metrô de Santiago desde sua inauguração, há quase 50 anos, contribuindo significativamente para o desenvolvimento e a melhoria do sistema de transporte público da cidade. A empresa também está fornecendo tecnologia, material rodante e manutenção para a Linha 7 do Metrô de Santiago, planejada para 2028.

Foto: Divulgação

Alstom no Chile

Com cerca de 550 funcionários e 7 unidades, a Alstom está presente no Chile há mais de 75 anos, fornecendo trens de metrô, trens regionais, sistemas de sinalização e infraestrutura, serviços de modernização e manutenção para o Metrô de Santiago, o Metrô de Valparaíso e a Empresa de Ferrocarriles del Estado (EFE). Até o momento, a Alstom entregou as frotas NS74, NS93, AS02, NS04 e NS16 para o Metrô de Santiago. A Alstom tem sido uma peça-chave na mobilidade da capital do Chile. Em 2022, a Alstom ganhou um contrato para fornecer uma solução turnkey para a Linha 7 do Metrô de Santiago do Chile, para a qual entregará seu sistema de sinalização CBTC Urbalis, 20 anos de manutenção e 37 trens Metropolis para o Metrô de Santiago do Chile, que serão produzidos em sua fábrica em Taubaté (Brasil), bem como os trilhos e a catenária, que contarão com um sistema inovador de instalação automatizada de trilhos, chamado Appitrack, nunca usado no Chile, e o sistema elétrico.